Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Economia

Ricardo Cabral

19 de Novembro de 2017, 20:02

Por

Há mais vida para além da dívida!

A frase “há mais vida para além do défice” ficou, apesar de Jorge Sampaio não a ter proferido nestes termos. Mas o facto é que a vida dos portugueses ficou à espera que o problema do défice fosse resolvido nos últimos anos. Pensões e salários foram cortados e não foram ajustados à taxa de inflação. O desemprego aumentou. Carreiras foram congeladas. Mas sobretudo as expectativas dos Portugueses baixaram. No presente, as reivindicações de professores, polícias, militares, médicos e outros profissionais… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

15 de Novembro de 2017, 19:49

Por

A evolução da economia em 2017

De acordo com as estimativas preliminares do INE, o PIB cresceu 2,5% em termos reais, no terceiro trimestre, em comparação com o trimestre homólogo de 2016. A taxa de crescimento nominal da economia deverá situar-se em torno dos 4%. O comércio internacional está a evoluir a taxas elevadas, com as importações e exportações de bens a crescer 13% e 11%, respectivamente, nos primeiros 9 meses do ano (de acordo com dados do Eurostat). Em contraste com a percepção generalizada, o… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

12 de Novembro de 2017, 18:09

Por

As décimas “estruturais” dos gambozinos

A polémica que se instalou em torno das críticas da Comissão Europeia (CE) à proposta do Orçamento do Estado de 2018 (OE2018) justifica que se volte ao tema do saldo estrutural, conceito ininteligível para o comum dos mortais e variável não mensurável, ou seja, uma literal caça aos gambozinos económicos, que é em si reveladora dos graves problemas da União Europeia, porquanto se preocupa em demasia com as décimas “estruturais” dos gambozinos, descurando temas muito mais importantes para o desenvolvimento… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

8 de Novembro de 2017, 19:06

Por

Agora, é o saldo estrutural que persegue as contas públicas …

Na sua análise da proposta de Orçamento do Estado de 2018 (OE2018), o Conselho das Finanças Públicas (CFP) expressa críticas sobre a política orçamental do passado e do presente. Embora comece por realçar que a proposta de OE2018 do Governo, dá prioridade ao cumprimento das regras europeias “ao comprometer-se com a continuada redução do défice orçamental e do rácio da dívida”, o CFP defende que a proposta de OE2018 “continua sobretudo empenhada em tirar partido da conjuntura favorável e em… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

5 de Novembro de 2017, 15:34

Por

Portugal não é a Grécia?

O Governo da Grécia está a procurar realizar uma troca de obrigações, que contribua para aumentar a liquidez e as transacções no mercado de dívida da Grécia. A propósito desta operação financeira é oportuno começar por analisar a evolução de alguns indicadores relativos à Grécia e a Portugal.    F: Eurostat   A Grécia realizou uma reestruturação de quase 200 mil milhões de euros da sua dívida pública (cerca de 56% do total) em Fevereiro de 2012, que resultou numa… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

1 de Novembro de 2017, 16:01

Por

A caminho do défice zero?

O Conselho do BCE decidiu prorrogar, na passada quinta-feira, o programa de compra alargada de activos (expansão quantitativa ou EQ) por mais 9 meses, de 31 de Dezembro de 2017 até 30 de Setembro de 2018, reduzindo o volume mensal de compra de activos de 60 para 30 mil milhões de euros. Reservou-se, porém, muita latitude, inclusive a possibilidade de prorrogar novamente o programa ou de voltar a aumentar o volume de compras  O comunicado do BCE indica ainda que… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo