Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Dezembro 2017

António Bagão Félix

21 de Dezembro de 2017, 09:13

Por

O frio, esse desconhecido

Estamos finalmente no Inverno-criança, depois do solstício de ontem, 21 de Dezembro. À míngua de chuva, mostra-se-nos o frio. Relativo, pois dez a catorze graus centígrados em Lisboa a meio do dia é uma incipiente amostra de frio, mesmo por cá. E noutras zonas do país, mais frias, também já não é como há décadas. O frio não é apenas o contrário do calor, mas também o modo de procurar não o ter. Neste aspecto, o frio é mais meu… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

20 de Dezembro de 2017, 17:53

Por

O regresso aos mercados: Um balanço no início do Acto II

Nesta altura em que o rating da República regressa novamente à classe de investimento por duas das três principais agências de rating, é difícil não ficar satisfeito. Ministério das Finanças e a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) têm razões para se sentirem satisfeitos e convictos de que as decisões que tomaram foram as melhores. Mas terão sido mesmo? E será o futuro um mar de rosas? O gráfico abaixo apresenta a evolução da dívida pública… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

19 de Dezembro de 2017, 12:43

Por

A angústia do tesoureiro antes do penalti

Talvez seja melhor fazer um desenho para que os que se fazem de inocentes percebam o sinuoso percurso da factura de um spa no Brasil. A cliente chegou ao hotel e fez a sua vida, mas depois terá de fazer o check out. A factura é então emitida pelo hotel e inclui várias despesas: a pernoita e os consumos extra, nalguns casos pode ser o pequeno almoço ou uma garrafa de água ou uma sessão de spa. É paga pela… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

18 de Dezembro de 2017, 08:30

Por

Ainda a (ex-Santa) Casa

Volto ao tema da anunciada provável entrada da SCML no capital da Caixa Económica Montepio Geral. Primeiro, para registar o intrigante silêncio em torno do assunto. Dos partidos nada se ouve, eles que se pronunciam sobre tudo e mais alguma coisa. Dos partidos de esquerda não admira pois que, em regra, têm uma posição de desconfiança em relação à SCML. Mas, quanto aos partidos da oposição, não entendo de todo a indiferença que, aparentemente, revela um desconforto ou afastamento inexplicáveis…. Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

17 de Dezembro de 2017, 17:09

Por

A continuada descida da taxa de juro da República

A subida do rating da República de Portugal em dois níveis, da classe “lixo” para a classe “investimento” pela segunda das três principais agências de rating, a Fitch, é uma boa notícia, que, pelo menos, sustentará as taxas de juro aos níveis actuais. É mesmo possível que possa resultar numa redução adicional da taxa de juro da dívida pública portuguesa. Note-se que a descida das taxas de juro da dívida pública portuguesa no último ano é surpreendente. Por exemplo, a… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

15 de Dezembro de 2017, 13:13

Por

O que começa mal, acaba pior?

1 . O caso da Raríssimas é um exemplo de como o que começa mal acaba pior. Mas, no meio da pândega de coluna social em que isto se tornou, convém distinguir no terceiro sector o que responde por cuidados necessários e o que é “guito” e BMW. Não é fácil fazê-lo, porque o caso se presta a todas as derivações: a indiferença exibida quanto às dificuldades das contas, contrastada com a pressa da cobrança das prebendas, só pode chocar;… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo