Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Outubro 2017

António Bagão Félix

30 de Outubro de 2017, 08:56

Por

O modismo anglófilo

Na União Europeia, com a saída do Reino Unido, restam dois países pequenos que têm o inglês como idioma co-oficial: Irlanda e Malta.  também não sendo a língua mais falada no mundo (é a 3ª), o inglês é a língua franca da globalização. Não admira que sejam cada vez mais as palavras de origem anglófona que entraram na nossa língua com dicionarização. Mas, agora e aqui, quero falar de palavras inglesas adaptadas para o nosso idioma por via de uma… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

29 de Outubro de 2017, 11:32

Por

Por que fugiu a banca da Catalunha?

Dois grandes bancos espanhóis, o CaixaBank proprietário do BPI, e o Banco Sabadell, que anteriormente tinham sede em Barcelona, mudaram “a correr” a sua sede para outras cidades fora da Catalunha no dia 5 e 6 de Outubro. No dia 5 de Outubro, o Governo de Espanha tinha aprovado um decreto-lei que autorizava empresas a alterar a sua sede, sem deliberação prévia da assembleia de accionistas. Ou seja, uma operação estranha e improvisada. Por que o fizeram? É evidente que poderão existir… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

27 de Outubro de 2017, 07:10

Por

Afinal cheira a crise

Desculparão os leitores, mas este texto não é sobre a crise de que se fala, sobre o barómetro que mede quem ficou mais “chocado”. Com franqueza, não havia necessidade. É sobre outra crise, uma que importa mesmo. Aquela que Schauble anunciou na despedida na sua última reunião do Eurogrupo, antes mesmo de receber uma nota de cem euros com a sua cara gravada, que amável presentinho. Essa crise não é o tal diabo que faltou e que o homem bem… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

26 de Outubro de 2017, 07:51

Por

Absentismo por ausência e por presença

A taxa de absentismo no Estado é um indicador importante para se avaliar a eficácia, o desempenho, a produtividade e a motivação de um serviço público. Tradicionalmente, este absentismo é elevado, seja por “baixas” por doença, seja por muitas outras razões previstas na lei. Também se sabe que a sua maior expressão (absoluta e relativa) incide no ensino e na saúde, duas áreas fundamentais de prestação de bens de interesse geral. No relatório do Orçamento do Estado (OE) – que… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

25 de Outubro de 2017, 18:00

Por

O BCE insiste na tecla do crédito malparado …

Há duas semanas Mario Draghi viu-se forçado a defender uma proposta do Mecanismo Único de Supervisão (MUS) do BCE que obrigaria, na prática, a prazo, a banca a provisionar/constituir colateral para a quase totalidade do crédito malparado. As regras só se deveriam aplicar a novo crédito malparado, mas parece claro que o objectivo é forçar os bancos da Zona Euro a verem-se rapidamente livres do crédito malparado existente (915 mil milhões de euros nos bancos supervisionados pelo MUS, 326 mil milhões de… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

24 de Outubro de 2017, 12:08

Por

Quando juízes são um perigo público

Lembra-se dos protestos contra o “politicamente correcto”, que era desnecessário e alarmista? Pois agora temos a prova dos factos. Que ninguém se espante então com essa enraizada cultura de desprezo pelas mulheres, menos ainda que ela se faça valer entre alguns magistrados, pois tem pergaminhos e não começou com o agora célebre juiz Neto de Moura. Em 1989, quatro juízes do Supremo Tribunal explicaram que, no caso de um violador de duas turistas em Faro, “a verdade é que, no… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo