Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Setembro 2016

António Bagão Félix

26 de Setembro de 2016, 12:48

Por

Outono, de novo

Neste terceiro ano do “Tudo menos economia” não resisto ao (meu) gosto da repetição: o de, no fim de Setembro, homenagear o advento do Outono. Este ano, tórrido por demais, como nós o sentimos e as estatísticas meteorológicas o comprovam por novos recordes de continuado Estio, o regresso, anunciado pelo calendário, do Outono foi, por mim, ainda mais ansiado. No ano passado, aqui escrevi que o Outono é a estação que nos dá o frio bastante para arrefecer o calor… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

26 de Setembro de 2016, 08:23

Por

Um zelota da Europa e de tudo o resto, sem esquecer a modernidade

Mariana Mortágua foi crucificada por um par de seitas estalinistas (que não toleram uma anedota sobre a esquerda e o capitalismo) e pela mole da direita (que a acusa de lançar um novo PREC para destruir o capitalismo). É acusada ao mesmo tempo de defender o capitalismo, em piada, e de ser a sua coveira, em padeira de Aljubarrota. Como a direita deve ser levada mais a sério do que conversas de capoeira, ela não podia portanto estar em situação… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

22 de Setembro de 2016, 15:00

Por

O raio das externalidades negativas

A tecnologia torna-nos mais produtivos. Por exemplo, em relação a viagens de avião, podemos comparar preços, comprar o bilhete e fazer o check-in tudo remotamente e sem interagir com nenhuma pessoa. Para a companhia ganhos de produtividade e reduções de custos. Para o consumidor, em teoria, preços mais baixos, menos tempo de espera e maior flexibilidade. E o que acontece à comodidade do consumidor? Certo que não é necessário sequer sair de casa, mas é necessária uma atenção enorme à… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

22 de Setembro de 2016, 12:43

Por

O governo deve agradecer à direita o frenesim sobre o imposto

Passos Coelho e Assunção Cristas, que impuseram um imposto de selo de 1% sobre os patrimónios de um milhão ou mais, estão revoltados pela possibilidade de haver uma pequena taxa (será de 1%?) para patrimónios imobiliários de um milhão ou mais. Que o investimento foge, que é um novo PREC, que os proprietários choram, que a riqueza é um bem nacional e que nada de ofender os milionários que os pobres precisam deles, tem-se ouvido as alegações mais divertidas. Que… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

22 de Setembro de 2016, 08:11

Por

Motivo de orgulho nacional

Soubemos esta semana que a Organização Mundial da Saúde oficializou a eliminação, no nosso país, da rubéola e do sarampo, depois de, já antes, ter certificado a erradicação da varíola, poliomielite, malária e difteria. Portugal, onde os casos deste tipo de doenças contagiosas registados nos últimos anos foram consequência de infecções em outros países, está colocado na lista dos melhores a nível mundial. Contudo, apesar destas excelentes notícias, a Direcção-Geral de Saúde continua a manter o plano nacional de vacinação… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

21 de Setembro de 2016, 15:36

Por

A falta de crescimento económico real

Nas últimas semanas vários analistas económicos internacionais manifestaram a sua preocupação com a situação económica do país, tendo inclusive alguns sugerido que Portugal necessitará de um segundo resgate. Uma das razões apontadas, certamente a mais importante, é que a economia do país não cresce. De facto, após a queda acentuada do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2012 e 2014 em resultado do processo de ajustamento imposto pela troika, o PIB real (estimado a preços constantes) cresceu 0,9% em 2014, 1,5%… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo