Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

António Bagão Félix

3 de Abril de 2015, 08:00

Por

Cartão branco exemplar

No desporto, há cartões para (quase) todos os gostos. Desde o temido cartão vermelho, ao avisado amarelo, passando por um virtual alaranjado que não existe nos regulamentos e estará algures entre o amarelo e o vermelho, ou o azul (por exemplo, no hóquei) para 2 minutos fora do ringue.

O presidente da UEFA Michel Platini quer que passe a haver um novo cartão de cor imaculadamente branca, que seria exibido para sinalizar suspensões por 10 minutos. Na minha opinião, uma ideia pouco pensada. É que este tipo de suspensão, além de ser de difícil aplicação (como se definiria o intervalo entre o amarelo e o vermelho para se aplicar esta “zona de purgatório”?), não vejo como medir 10 minutos fora do campo sem ser através da contagem do tempo efectivamente jogado, coisa que não existe no futebol.

Passando da poderosa UEFA para o nosso país, gostei do recente anúncio de um outro cartão branco. Várias organizações (AF Setúbal, várias organismos de árbitros e a direcção do PNED, Plano Nacional de Ética no Desporto) lançaram um projecto-piloto do Cartão Branco Fair play, incidindo, nesta fase, nos escalões mais jovens e no futsal e que será igualmente testado pelas Federações de Basquetebol, Patinagem e de Andebol.

Pretende-se valorizar as atitudes e conduta exemplares, visando a centralidade da componente humana e ética do desporto, não só dos atletas, como dos treinadores, dirigentes e até espectadores.

Num ambiente quase sempre crispado no mundo do futebol, trata-se de uma boa e oportuna iniciativa pedagógica e polinizadora de bons exemplos. Também para os árbitros é um cartão que permite associá-los não só à sanção punitiva, como a ter um papel na explicitação das boas práticas e do fair play. imagesUm jovem de nome Fábio fica para a história deste novo cartão por,no jogo entre o Almada e o Barreirense, ter sido o primeiro contemplado com um cartão branco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Tópicos

Pesquisa

Arquivo