Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Março 2015

Ricardo Cabral

27 de Março de 2015, 13:15

Por

O papel comercial do Grupo Espírito Santo vendido aos clientes do BES

O problema com os improvisos, é que, ao optar-se pela solução mais fácil no curto prazo, tende a criar-se mais problemas um pouco mais à frente – frequentemente, mais difíceis de resolver. O Governador do Banco de Portugal (BdP), está actualmente a passar por uma situação dessas, em relação ao tratamento a dar ao papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES), nomeadamente das empresas Rioforte e ESI, vendido aos clientes do BES. Estará agora, certamente, a questionar certas decisões que… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

27 de Março de 2015, 08:26

Por

A subversão de se ser candidato fora da lógica partidária

Faltam pouco mais de nove meses para as eleições para PR. Este período de gestação presidencial foi iniciado pela apresentação de um candidato surpresa: Henrique Neto. Surpresa para os principais partidos que se consideram mandatados para escolher (ou condicionar), em regime oligopolista, pré-candidatos, “lebres”, putativos candidatos e candidatos propriamente ditos. Utilizando um jargão desportivo, temos uma espécie de marcação homem a homem (isto no caso de não haver candidatas), que é como quem diz marcação candidato a candidato. Uns à… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

26 de Março de 2015, 16:09

Por

É melhor não perder mais tempo, caros amigos

Alda Telles, no Facebook, fez esta notável comparação entre duas fotos dos primeiros-ministros da Alemanha e da Grécia na capa de jornais de referência, o Financial Times e o Frankfurter Allgemeine Zeitung: há fracções de segundo de diferença entre uma e outra e vejam a diferença que isso faz, Merkel está como é mas Tsipras aparece desconfiado numa e descontraído noutra. O olhar, que será o espelho da alma, muda tudo. A escolha editorial é aliás reveladora da abordagem de… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

25 de Março de 2015, 13:15

Por

Conversas daquele lado da direita

José Manuel Fernandes, director do Observador, o jornal online mais arreigadamente de direita do planeta Portugal, dedicou um escrito ao seu próprio espanto pelas palavras de Marine Le Pen, em entrevista ao concorrente Expresso. “Ele há coisas extraordinárias”, escreve Fernandes. “Estava eu este fim-de-semana a ler uma longa entrevista a um jornal de referência e eis que me deparo com um discurso que, facilmente, poderia ser subscrito por gente de muitos e diferentes quadrantes. Gente variada e importante”. Estava ele portanto… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

25 de Março de 2015, 09:44

Por

A fractura do silêncio

Ponhamos de lado a questão da demissão ou não demissão do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. Haverá certamente argumentos favoráveis e desfavoráveis para cada uma destas opções. Centremo-nos apenas no que foi (não) dito no seio do Governo e da maioria. A ministra das Finanças, sempre solícita a emitir as suas posições, mantém um silêncio impiedoso, como que tentando dar a entender que o assunto nada tem a ver com ela e o seu ministério. Aliás, esta é uma… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

24 de Março de 2015, 12:00

Por

A dívida da Alemanha à Grécia

Na conferência de imprensa de ontem, Merkel reafirmou que a Alemanha considera encerrada a questão das dívidas de guerra e Tsipras reafirmou que há uma “questão moral” não resolvida. O tom foi mais conciliador, mas o problema está colocado, seja em Atenas, seja em Berlim. Como foi lembrado no PÚBLICO, o acordo de 1953 entre a Alemanha e os seus credores, permitindo uma gigantesca reestruturação da dívida alemã e garantindo as condições para a recuperação do país, não incluiu as reparações… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo