Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Novembro 2014

António Bagão Félix

27 de Novembro de 2014, 11:00

Por

Finalmente, uma boa notícia!

Nos últimos tempos, finalmente uma notícia que enche de orgulho Portugal: o cante alentejano é da Humanidade por decisão de hoje da UNESCO. Precisamente três anos após a consagração do fado como Património Cultural Imaterial da Humanidade. O cante é uma lídima expressão da cultura e tradição populares alentejanas. Ao que sei, ainda agora se discute de onde terá provindo, falando-se de remotas conotações helénicas, de expressão cultural árabe e de ligações ao canto gregoriano. Seja o que estiver na… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

27 de Novembro de 2014, 09:00

Por

A artimanha Juncker

Juncker quer responder à crise do euro e evitar a armadilha da deflacção? O Natal chegou mesmo mais cedo? Só contaram para os crédulos. O plano que Juncker apresentou ontem, para o seu Fundo Europeu de Investimento Estratégico, é uma artimanha. A Comissão porá 16 mil milhões em garantias, e pede mais 5 mil milhões ao Banco Europeu de Investimentos. Com estes 21 mil milhões, este Banco emite títulos de dívida de 63 mil milhões e espera então que os… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

26 de Novembro de 2014, 15:14

Por

Somos todos desonestos? Uma experiência com responsáveis bancários

A revista Nature publicou há poucos dias um estudo de três investigadores da Universidade de Zurique sobre o comportamento de responsáveis da banca, inquirindo sobre as razões da desonestidade. A Nature é a revista científica com mais impacto no mundo e o estudo é assinado por académicos de peso. Poderia, ainda assim, ser marcado pelo preconceito. Afinal, se olharmos para o gráfico ao lado, que descreve a evolução do descrédito da banca (através de sondagens nos EUA, no longo período que… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

26 de Novembro de 2014, 11:59

Por

O Papa Francisco no Parlamento Europeu

No meio de tanta fartura de notícias domésticas, pouco se notou a intervenção do Papa Francisco no Parlamento Europeu. Um discurso assertivo, sereno e corajoso. Realço alguns pontos: o primado da pessoa, enquanto expressão de uma inalienável dignidade transcendente e da capacidade inata de distinguir o bem do mal, não limitado à mera expressão biológica de indivíduo ou agrilhoado como sujeito económico descartável. Disse o Papa: “Persistem ainda muitas situações onde os seres humanos são tratados como objectos, dos quais… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

25 de Novembro de 2014, 18:35

Por

O jornalismo é a arte de chegar atrasado, o mais cedo possível

O escritor e jornalista sueco Stig Dagerman (1923-1954) – autor de livros como o “O Outono alemão” – disse um dia que “o jornalismo é a arte de chegar atrasado, o mais cedo possível”. Concisa e acutilante definição no tempo da guerra, mas ainda mais actual na era da globalização mediática e das redes sociais sem fronteiras. A diferença entre o tempo daquele escritor e o que agora vivemos não está, pois, tanto na substância da citada asserção, mas na métrica… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

25 de Novembro de 2014, 13:00

Por

A iniciativa Suíça

    Fonte: www.grundeinkommen.ch   O texto acima é a explicação da proposta do movimento “Bedingungslose Grundeinkommen” (Rendimento Básico Sem Condições), uma iniciativa popular Suíça, no mínimo, interessante, que foi subscrita por 150 mil suíços. Nos termos da lei Suíça (democracia directa) será analisada agora pelo parlamento e sujeita a um referendo popular previsivelmente no outono de 2016.  Propõe-se garantir a todas as pessoas residentes na Suíça um rendimento básico, sem condições e sem contrapartidas, de 2500 Francos Suíços (apr…. Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo