E uma sopa diferente

Ainda uma nota sobre a ida ao festival de gastronomia de Santarém. No sábado, o almoço tinha como tema o pão, e foi servido pelo restaurante D. Joaquim, de Évora. O pão inspirou as entradas (tiborna de tomate com enchidos sobre pão de trigo tostado, espetadas de linguiça de porco preto com pão de azeitonas e oregãos, e ovos mexidos com cogumelos silvestes sobre fatias de pão de milho), o prato principal (almofada de porco preto) e até as sobremesas (sopa dourada do Convento de Santa Clara d’Évora e migas doces de pão e amêndoa). Mas o que mais me despertou a curiosidade foi a sopa – sargalheta de perdiz tostada no forno -, que tinha uma curiosa mistura de sabores, entre a perdiz, o ovo desfeito, as cebolinhas, os coentros e alho e o vinagre. Não podendo trazer o sabor, tirei uma fotografia, para quem quiser experimentar um dia ao passar por Évora.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>