No tempo em que os animais não falavam

Um manifesto (não panfletário) sobre a destruição da biodiversidade. “Prestem atenção ao grito silencioso e ensurdecedor do nosso planeta e uni-vos!”, pede a autora, Eduarda Lima. “Tudo começou quando um pássaro deixou de cantar. E todos os outros pássaros deixaram de cantar.” Gatos, cães, insectos, galinhas, ninguém se fazia ouvir. Nada de leite das vacas, […]






Emoções em órbita, à volta de nós

Van Gogh dizia ao irmão que não se esquecesse de que as emoções são os capitães das nossas vidas, a quem obedecemos sem saber. Neste livro, somos convidados a contemplá-las e a compreendê-las. Pensado inicialmente para ser um diário com “desafios breves, práticos e criativos, que levassem a olhar à nossa volta, olhar para o […]






Com os olhos (e o coração) no céu

Um livro que é uma homenagem a uma educadora que partiu demasiado cedo e uma ajuda para as crianças lidarem com a perda. Para os outros, também. “Foi quando vi os balões impelidos pelo vento na minha direcção que percebi. Eu tinha estado doente, sentira-me fraca e cansada, cada vez mais fraca, até ao momento […]






“Contaler” memórias ao neto e desenhar a infância

Diz António Mota que “contaler” é “ler e inventar o que não está escrito, mas parece que está”. Assim nasceu este livro, em que Cátia Vidinhas desenhou as suas memórias de infância. Uma história simples, de encontro entre uma ovelha e um gato e — entre outras coisas — sobre o que gostam de comer. O gato Chiribi bem […]






Escrever de longe e ilustrar de perto, em português

O pretexto foi o Dia Mundial da Língua Portuguesa, que se assinalou a 5 de Maio. Mas o resultado pode desfrutar-se em qualquer data ou continente. Um conjunto de 16 histórias contadas por oito autoras de diferentes nacionalidades, mas tendo em comum a língua portuguesa. Aqui se exploram expressões que se equivalem, mas que são […]






Livros a Oeste no ecrã e fora dele

                                              Foto de Mareena Metsmaa/Unsplash Arrancou nesta terça-feira, 11 de Maio, mais uma edição do festival literário Livros a Oeste. Até aqui, assistia-se só na Lourinhã; agora, chega a qualquer lugar. Depois de […]






A alegria e o encanto do quotidiano

Levar a filha à escola num dia banal pode transformar-se num momento inesquecível. “Porque todos os dias deveriam ser especiais”, diz Pedro Seromenho. “Nesta história, não há reino fantástico nem floresta mágica!”, diz o autor, Pedro Seromenho, ao PÚBLICO. “Não. Aqui, tudo se passa em casa, onde o encanto, a surpresa e a felicidade deveriam morar […]






A liberdade das férias grandes

Há uma altura do ano em que tudo cresce: os dias, as horas, a erva, a sombra. E a liberdade. Disso nos fala Tudo tão Grande, do Planeta Tangerina. A alegria de ver o tempo a passar e os pés dos filhos a crescer pode muito bem ser transformada num poema, que talvez venha a […]






A feliz possibilidade de contrariar o destino

O futuro a nós pertence. A atitude pessoal e o acaso disputam um jogo em que a vitória não está prometida. As personagens de O Retrato mostram-no. “É preciso brigar pela vida”, diz o autor, Clovis Levi. O livro O Retrato (Aquilo Que Não se Vê)​ parte de uma foto que capta quatro crianças, um bebé, uma cadela e […]






Anda por aí um elefante a dar gelados às crianças

Os autores não puseram o animal na tradicional loja de porcelanas, mas a passear pela cidade. E a distribuir gelados aqui e ali, onde houver crianças. Estava um elefante tranquilo na sua vida estável, monótona e previsível que o jardim zoológico lhe facultava, quando um pequeno rapaz o desafiou a abandonar toda aquela paz e […]






Monstros simpáticos que gostam de livros e de papas de aveia

Uma história escrita para uma criança ainda por nascer conquistou o maior prémio de literatura infantil do país. Monstros minúsculos vivem numa aldeia instalada nas molas do colchão de Olívia, mas o autor faz imediatamente saber que não é caso único: “Acontece em praticamente todas as casas, nas molas dos colchões daqueles que mais gostam de […]






Uma homenagem feliz aos mais velhos

A autora reencontra o avô através da memória do banco de madeira em que ele se sentava. A ilustradora vai aos “bolsos das recordações” e também dá de caras com os seus avós. A Geração dos Bancos de Madeira foi escrita, segundo Sara Brandão, numa tentativa ingénua de reencontrar o avô nas coisas mais simples. “Recordo-o muitas […]






Zangada com o mar

Uma criança deixa de falar quando perde os pais num naufrágio. Noa é uma história triste, mas também de superação e de reconciliação com a vida. A luz e calor das ilustrações atenuam o drama. Uma tragédia entra pela vida adentro de uma criança. Foi o mar que a trouxe e o avô que a anunciou. E […]






A gritar é que a gente se desentende

Discórdia é um livro que também pode ser entendido por crianças, mas que se destina a todos. Fala, sem palavras, da urgência de se criar pontes de entendimento. Com esperança. Integrado na colecção Imagens Que Contam, esta narrativa visual, explica-nos a autora, brasileira, começou assim: “Achei intrigante brincar com a ideia de fazer um ‘livro silencioso’ bem […]






Quem disse que não sabes desenhar?

Um livro que convida a riscar, pintar, recortar. Sem complexos. O virtuosismo não é para aqui chamado. Uma frase recorrente, “não sei desenhar”, é escutada por Nic e Inês durante as formações de expressão plástica que dão a crianças e adultos. “É comum a todos, mesmo a quem sabe efectivamente desenhar. Para nós, é importante realçar […]