Narva, o extremo híbrido

A Estónia é uma coisa; Narva é outra. Tanto assim é que quando pisamos a cidade-mistério, María recebe uma mensagem no telemóvel – “Welcome to Russia [Bem-vinda à Rússia]!” – ainda que não tenhamos atravessado a fronteira. No extremo oriental da União Europeia – e um dos locais mais perdidos da ex-soviética Estónia –, a […]






O transe do infinito

A duas horas do último olho de sol, Essaouira é um manto de areia em transe. Conta-se o sexto dia do Ramadão. Os corpos mantêm o hábito na mira mas ainda penam sob o sol, curvados dentro de carrinhos de mão, medidos em sombras de palmeira, sobre redes de pesca, extintos ao lado de bicicletas. […]






Música para cabeças cansadas

Das voltas na noite de Sal Rei, a última acontece na curva onde pára Stephane. A noite grande foi ontem, no antigo Mazurca, hoje Ribeira – uma espécie de armazém metálico sobre a areia em cores que se foram fazendo pastel pela força do sol. Foi lá que Badoxa pôs a ilha onde nasceu a […]