8ª etapa: Oh Portugal!

Bicicleta no Palácio Belmonte

Bicicleta no Palácio Belmonte (Foto: Heidi Swift)

Se nos dias em que pedalávamos os rostos dos ciclistas mostravam ansiedade e nervosismo, e apesar de todos terem dormido cerca de duas ou três horas depois de uma noite de festa até de madrugada, a melancolia e a saudade pairava no ar. Muitos dos ciclistas iam voar do Porto e deixar o grupo pela manhã e apenas quatro de nós regressaríamos a Lisboa.

Sem muita fome, o pequeno-almoço do último dia serviu mais para despedidas, lágrimas nos olhos, abraços apertados e promessas de regresso a Portugal num futuro próximo. Tudo porque todos nós, os participantes, temos os mesmos interesses, falamos dos mesmos gostos e não temos só uma coisa que nos liga, mas sim três: as pedaladas, a comida e a bebida.

Contudo, para alguns de nós ainda foi tempo de almoçar com o ciclista profissional Nélson Oliveira, da equipa RadioShack Leopard Trek, colega de equipa do americano Chris Horner, que venceu recentemente a Volta a Espanha em bicicleta. O português natural da Anadia, levou-nos a comer um leitão à Mealhada bem tenro e com uma crosta crocante para delícia de todos, antes da continuação da viagem para Lisboa.

Já a última noite foi também o final de um ciclo que começou e terminou no Palácio Belmonte, no Castelo de S. Jorge, em Lisboa. O jantar de despedida para os que voaram de Lisboa foi no restaurante BCN, no Chiado, onde entre várias tapas trocámos as últimas moradas e contactos e rimo-nos dos bons momentos que passámos como uma equipa.

Vista das Portas do Sol, em Lisboa (Foto: Heidi Swift)

Vista das Portas do Sol, em Lisboa (Foto: Heidi Swift)

Se os estrangeiros ficaram encantados com o nosso país, com a simpatia e disponibilidade das pessoas, dos monumentos que permanecem intactos desde séculos longínquos ou da comida e bebida deliciosa, com uma relação preço/qualidade extraordinária, eu arrepiei-me e comovi-me com o Portugal incrível que temos. É fascinante ver a beleza das colinas e dos vales, dos rios e do mar, do litoral e do interior, da humildade das pessoas, dos ingredientes simples que fazem pratos saborosos e das estradas tão boas para andar de bicicleta.

Com o consentimento de todos, foi, sem dúvida, a melhor semana das nossas vidas num Portugal fascinante.

___
Miguel Andrade viaja a con­vite da InGamba Tours

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>