A passageira sumiu!

Está na hora da partida. E é também a hora do chá com crepes. O altifalante chama Madame X  duas vezes. Nem sinal. Todos os passageiros já estão a bordo. Menos ela.

Nesta vida de cruzeiro aprende-se rapidamente que tem que se estar no porto no máximo 15 minutos antes do veleiro partir. Em Málaga não foi diferente. Ou melhor, foi completamente diferente porque uma passageira não aparecia. Era suposto sairmos às 16h30. Às 16h45, o Club Med 2 começa a deixar o cais quando de repente uma senhora loira corre desesperadamente na nossa direcção. Tarde demais? Cena de cinema? Os passageiros todos no deck (pelo menos 199) acompanham o drama.. Voltamos ou não voltamos?

Pelas regras, quem perde o embarque tem que arcar com as próprias despesas e embarcar no próximo porto. Mas o suspense continua. A mulher começa a correr na outra direcção depois de falar com a polícia marítima. O cruzeiro começa a diminuir a velocidade – apesar de já estar bem mais distante do cais. Os passageiros com câmaras filmam e fotografam tudo avidamente.

De repente, o espectáculo é a passageira que perdeu o embarque. As opiniões dividem-se: culpada ou inocente. Depois de quase 45 minutos de espera, um pequeno barco traz a francesa que chega sob aplausos. Acabado o frisson, o barco parte.

A explicação para o atraso parece ainda mais cinematográfica. A loja em que fazia compras fora assaltada e a polícia não deixara ninguém sair. A francesa, desesperada, sem falar uma palavra de espanhol, tentara explicar que o barco ia partir mas ninguém a compreendia.

Passado o momento dramático, a passageira que quase sumiu toma chá e para nós, os outros 199 passageiros, só restam os crepes. E o recomeço de um bon voyage.

__
Simone Duarte viaja a con­vite do Club Med, no cru­zeiro “Club Med 2” , e da TAP

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>