Cabeça gelada, coração (e corpo) quente


Eis um momento único na vida dos Alpes, luxo para levar ao sétimo céu qualquer apreciador de batalhas térmicas. O resort que nos serve de base em Valmorel oferece uma daquelas pequenas grandes delícias, prontas a derreter o coração dos jornalistas mais resistentes e desconfiados: um jacuzzi ao ar livre, que fumega todo o dia à frente da piscina coberta.

Não, não é para usar só no Verão. Muito pelo contrário. Aí até perderá metade da graça. Porque o que cria uma verdadeira diversão física e cerebral é sair de pele arrepiada e calções a congelar para este território cercado de neve por todos os lados e entrar na ilha-jacuzzi.

É certo que já não estamos em tempo de frio invernoso e o clima está a primaverar a cada dia que passa mas ainda assim, vejamos… estamos mesmo cercados de gelo e neve. Para mais, esta experiência decorre ao entardecer. Momento em que a sensação de Verão alpino se torna, digamos, algo mais friorenta.

Já na água quentinha, saltam bolhas e sopram jactos. Aqui em volta, bem podem estar pouco mais de zero graus. Uma temperatura que decerto criará logo no caro leitor aquele arrepio. Mas, garanto, eu, embora de calções e dentro de água ao ar livre, estou mesmo, mesmo quentinho. De alto a baixo, com a excepção da cabeça. E cabeça fria em corpo quente, a uns 1500m de altitude, só pode dar bons resultados, certo?

 

___

Luís J. San­tos (texto) e Dário Cruz (fotos) via­jam a con­vite do Club Med e da TAP

Esta entrada foi publicada em França com os tópicos , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/emviagem/2012/03/30/cabeca-gelada-coracao-e-corpo-quente/" title="Endereço para Cabeça gelada, coração (e corpo) quente" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>