Diário de Paris (II)

Uma das coisas que mais gosto quando viajo é a oportunidade de poder passar algum tempo no interior dos teatros, quando ainda não se abriram ao público, quando ainda não está tudo pronto. Gosto da ideia de que podem existir outras histórias dentro do tempo que leva a contar a história que vieram ver. Aqui, […]






Diário de Paris (I)

Paris parece sempre um cenário. Num domingo à tarde, frio mas onde o sol enche a cidade de uma luminosidade irresistível, há quem se passeie nas margens do Sena e tire fotografias. Serão iguais a tantas outras, tiradas ao longo dos anos, por outros tantos casais, muitos deles que nunca mais voltaram a Paris. Mas […]






Bruxelas (de novo)

Há sítios aos quais se volta sempre. Como Bruxelas. E quando no centro da Europa – é impressionante como um país sem governo há não sei quantos meses não mostra, por um segundo, sinais de crise: as ruas cheias, as lojas repletas, os restaurantes com filas, as estreias de espectáculos a atropelarem-se, … – há […]






Votem na minha mulher

Na prática, o Egipto já estava em campanha. Oficialmente, esta quarta-feira foi dado o tiro de partida. No dia 28, os egípcios vão começar a votar para escolherem a nova Assembleia, a primeira depois da queda de Hosni Mubarak, em Janeiro, um processo em fases que só chegará ao fim um ano depois do início da […]






“Eid (sem) Mubarak”

Este já é o segundo Eid que os egípcios vivem sem Mubarak, o antigo ditador, deposto em Fevereiro. O primeiro foi o Eid al-Fitr, a festa do fim do mês do Ramadão, que este ano aconteceu no fim de Agosto, princípio de Setembro. Agora celebra-se o Eid al-Adha, a festa do sacrifício, que coincide com […]






Os uzbeques não vão para a “night”

Numa das noites passadas pelo Uzbequistão, fui jantar a uma “casa de família” em Samarcanda.  Afinal era uma vivenda de dois andares com mesas postas em todas as salas à volta do pátio. Não seria um restaurante com letreiro luminoso à porta, mas também não era bem o que estava à espera. Já a comida […]






Welcome to Egypt!

Ideias feitas e primeiras impressões. Duas da manhã não é hora para se aterrar em lado nenhum – muito menos onde nunca se esteve –, mas foi assim que aconteceu. Num aeroporto vazio um estrangeiro ainda é mais estrangeiro. Taxi? Meter? Half price? Discount? Não, não, não e não. Obrigada, Xukran. Adeus. 20 minutos na […]