Bruxelas (de novo)

Há sítios aos quais se volta sempre. Como Bruxelas. E quando no centro da Europa – é impressionante como um país sem governo há não sei quantos meses não mostra, por um segundo, sinais de crise: as ruas cheias, as lojas repletas, os restaurantes com filas, as estreias de espectáculos a atropelarem-se, … – há três sítios que são como que rituais:

este restaurante cujo nome nunca me lembro, junto à Bourse

Café Arcadi — Galeria do Rei (e as melhores tartes da Europa)

LIvraria Tropismes — Galeria dos Príncipes

3 comentários a Bruxelas (de novo)

  1. Estive nesse restaurante há um mês atrás: comida muito boa, grande selecção de cervejas (ou não estivessemos na Bélgica) e ambiente excelente =) Boa sugestão!

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>