“Eid (sem) Mubarak”

Este já é o segundo Eid que os egípcios vivem sem Mubarak, o antigo ditador, deposto em Fevereiro.
O primeiro foi o Eid al-Fitr, a festa do fim do mês do Ramadão, que este ano aconteceu no fim de Agosto, princípio de Setembro. Agora celebra-se o Eid al-Adha, a festa do sacrifício, que coincide com o fim da peregrinação anual a Meca.

“Eid Mubarak”, costumavam dizer os egípcios uns aos outros, como em todos os países árabes. “Um santo Eid.”

Já ninguém diz “Eid Mubarak”, mas eid é festa na mesma. Dias para passear pela rua, oferecer flores e doces, sair em bando com os amigos ou com toda a família, ir ao cinema, fazer piqueniques, estar sentado à beira Nilo, lançar bombinhas de fogo-de-artifício.

À beira do Nilo, no centro da cidade

Balões, pipocas e batata doce assada vendem-se em todo o lado

Esta entrada foi publicada em Egipto com os tópicos , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/emviagem/2011/11/08/%e2%80%9ceid-sem-mubarak/" title="Endereço para “Eid (sem) Mubarak”" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>