Welcome to Egypt!

Ideias feitas e primeiras impressões.

Duas da manhã não é hora para se aterrar em lado nenhum – muito menos onde nunca se esteve –, mas foi assim que aconteceu. Num aeroporto vazio um estrangeiro ainda é mais estrangeiro. Taxi? Meter? Half price? Discount? Não, não, não e não. Obrigada, Xukran. Adeus.

"Bem-vindos ao Egipto", que é como quem diz "Bem-vindos ao Cairo"

20 minutos na estrada chegam para ver um acidente e para quase fazer parte de outros dois. 20 minutos passam a correr. Mohamed, o jovem que estudou secretariado mas faz biscates como motorista, não pára de falar. Quando parece que vamos bater, interrompe o que estava a dizer e comenta: “Is he stupid or what?”.

Do caminho, para além da estrada e de um muro alto que se prolonga por metros e metros (“Aqui morava Mubarak”), é o Nilo que mais chama a atenção. É véspera de feriado – que começou domingo e acaba segunda, mas que aqui durará quatro dias, o Eid al-Adha, a festa do sacrifício – e há grupos de jovens nas pontes. Lá em baixo, barcos com luzes coloridas reflectidas na água.

Mohamed deixa-me em casa, na residência da escola de árabe onde passarei o próximo mês, não sem antes me convidar para ir com uns amigos comer. Entretanto são três da manhã, mas no Cairo não há horas para comer, confirma-se. “A cidade não dorme”, diz. Ok, eu hoje vou dormir. Mas gosto de cidades que não dormem e onde basta andar um quarteirão para encontrar bancas a vender cigarros ou bolachas e outro para ver gente a comer e a conversar. Vantagens que costumam vir com um trânsito louco.

“Welcome to Egypt (que é como quem diz “bem-vindos ao Cairo” – os egípcios tratam a sua capital assim, pelo nome do país)!”

Esta entrada foi publicada em Egipto com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/emviagem/2011/11/06/welcome-to-egypt/" title="Endereço para Welcome to Egypt!" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>