Esplendor no parque

Um banho na piscina de água férrea quente é o momento culminante de uma visita ao Parque Terra Nostra, nas Furnas. A estrada até lá tem tanto de bonita como de perigosa e nada garante que a humidade, o nevoeiro ou mesmo a chuva não se intrometam no passeio. Nada, porém, que comprometa a saborosíssima fruição de um dos mais sumptuosos parques portugueses, muito bem tratado e generoso na exposição de centenas de espécies vegetais de todo o mundo.

Por nada deste mundo deve deixar passar a oportunidade de deslocar-se a este jardim botânico. A entrada custa cinco euros. O preço parece alto mas vale a pena pagá-lo, pois ninguém se sentirá defraudado no termo da visita.

O hotel com o mesmo nome, a cujos proprietários pertence o conjunto, fica ao lado e oferece um espaço arquitectónico muito agradável (e que bela é a sua decoração interior!) que parece apelar à instalação de quem passa; peça um chá verde da Gorreana e um bolo lêvedo de S. Miguel, de preferência com queijo do Pico.

O parque ocupa hoje mais de 12 hectares e conta uma história que remonta até 1780, quando foi fundado por Thomas Hickling, o então cônsul dos Estados Unidos em S. Miguel. Mudou de dono ao longo do tempo e foi sofrendo sucessivas ampliações até ter a actual dimensão. Tudo o mais que há para saber sobre o Parque Terra Nostra é para descobrir por si mesmo indo até lá…

[fotos de Teresa Franco]

3 comentários a Esplendor no parque

  1. Ola amigos do Hotel terra Nostra Eu sou brasileiro vivo na ilha do Faial a 12 anos coleciono Nenufars e sonho em obter um rizoma (raiz), da nenufars lilas…….tenho a vos oferecer mudas de nenufars Rosa, branca, amarela e vermelhas. poi tenho um lago bem grande . caso os senhores possam realizar este meu sonho eu pago todas as despesas de envio as cores que os senhores nao tenhao.ok eu estou no telefone 293293 130-ou celular 964469040 .moro lomba do pilar 40 HORTA. 9900-089- se for só venda eu tambem paga ok……mais realizem meu sonho DA NENUFARS LILAS….obrigado obrigado Allan araujo bueno.

    Responder
  2. São sim senhor lindas as Furnas, desde o seu verde, o povo que nela habita. Pena se estar a ver menos pessoas de lá… mas os nossos cozidos… tudo é lindo, belo e saboroso. Basta comer os nossos bolos lêvedos, beber a nossa água azeda. E aí fica pronto a voltar lá sempre…

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>