Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Ideias

António Bagão Félix

15 de Fevereiro de 2018, 09:38

Por

Impostos agora europeizados

O Primeiro-ministro, pressurosamente, anunciou uma proposta de novos três impostos para financiamento do Orçamento da União Europeia. Logo associei tal intenção a uma celebre apreciação de um texto, em que a parte que era original não era boa e a parte que era boa não era original. Nesta proposta, todavia, nada é original e quanto a ser bom … Nada é original, porque há muito se fala nestes três novos tributos que, mais recentemente, foram objecto de um projecto de… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

7 de Janeiro de 2018, 15:13

Por

Combater ou não combater as bolhas especulativas … eis a questão!

Pela terceira vez em três décadas, coloca-se a questão sobre se as autoridades devem ou não reagir a bolhas especulativas: no final dos anos 90, a bolha das acções da internet (“dotcom”) e do Nasdaq; em 2004-2009, as bolhas do imobiliário e do sector financeiro; na actualidade, bolhas de mercados de acções, de moedas digitais e de grandes empresas da economia digital, acompanhado pelo aumento do endividamento do sector privado não financeiro, nomeadamente na China. A resposta ao colapso de… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

10 de Dezembro de 2017, 17:04

Por

Brexit: Drama com “intermezzo” feliz?

Após o que só pode ter sido um período horribilis, em que esteve exposta a críticas crescentes, a primeira-ministra inglesa Theresa May conseguiu negociar um acordo de princípio sobre quatro matérias fundamentais para o Brexit: a situação dos cidadãos do Reino Unido (RU) e da UE que residem na UE e no RU, respectivamente; os termos gerais em que se fará a transição do poder jurídico do Tribunal Europeu para os Tribunais do RU; a solução a adoptar em relação… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

11 de Novembro de 2017, 12:39

Por

Hitler é filho de Lenine?

Simon Montefiore é um curioso historiador tornado romancista, que se especializou na história russa e tem produzido biografias sobre os Romanov e sobre Estaline (“A Corte do Czar Vermelho”, publicado em Portugal). Mas, ao contrário do que manda o ofício do historiador, Montefiore exibe uma relação sentimental com os seus biografados, definindo-os por traços que não podem ser mais do que atribuições hipotéticas e subjectivas. Assim, o seu fascínio por Estaline leva-o a descrevê-lo como “enérgico e vaidoso” (p.23), “loquaz,… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

3 de Novembro de 2017, 13:00

Por

Outubro em Novembro

Comemorar tem um risco, o de usar a efeméride para diluir a sua memória nas penumbras do tempo. Por isso, o anjo da história tem a cara virada para o passado, escrevia Walter Benjamim, mas esse passado nunca é deixado em paz, ele é trucidado e capturado pelos vencedores, pois nele constroem a sua hegemonia. No bicentenário da revolução americana, o constitucionalismo continuista foi erguido em virtude, como se a guerra independentista não fosse a ruptura constitucional. No bicentenário da… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

18 de Outubro de 2017, 18:43

Por

Mutualização da dívida pública europeia: o que podemos aprender da experiência nacional? (Parte I)

A mutualização da dívida pública europeia (refiro-me aqui somente à dívida pública dos países membros da zona euro) tem estado em discussão, nos últimos anos, em diversos foros. Várias propostas e/ou análises, sobretudo de natureza académica, têm sido apresentadas a nível internacional, sendo de destacar, a de um “grupo de peritos sobre o fundo de mutualização de dívida e títulos de dívida em euros”[1], nomeado pela Comissão Europeia em Julho de 2013. Portugal está fortemente endividado ao exterior, com níveis… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo