Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Francisco Louçã

24 de Março de 2016, 09:01

Por

Um imbróglio em Lisboa

Quem se lembrou de uma coisa destas? Admitamos que o seminário “luso-brasileiro” que vai decorrer na Faculdade de Direito de Lisboa já estava programado antes da crise desencadeada pela golpaça político-judicial em curso no Brasil. Se assim for, há uma questão a que falta responder: como é que se lembraram de marcar um seminário sobre o futuro constitucional do Brasil (e de Portugal, olha só) para o 52º aniversário do golpe que derrubou um presidente eleito e instaurou uma ditadura militar? Como não há coincidências na vida, ou fugiu o pé para o chinelo ou é uma declaração de guerra com um atlântico pelo meio. Presumo que seja o chinelo.

Também não lembraria a ninguém que o vice-presidente brasileiro, e primeiro potencial beneficiário da eventual deposição de Dilma Roussef, escolha sair do país por uns dias precisamente quando o seu partido, o PMDB, tomará a decisão de sair do governo e se juntar aos parlamentares derrubistas. Mas é isso que anuncia o programa do evento. Pior, acrescenta outros pesos-pesados da direita, estes do PSDB, José Serra e Aécio Neves, sendo que o primeiro não estava previsto no programa original. O que os levaria a levantar voo do Brasil para se limitarem a conspirar por telefone?

Só haveria uma razão, procurarem um endosso internacional para as suas diligências, fazerem-se fotografar ao lado das autoridades de Portugal. Se era esse o objectivo, fracassou. Os serviços do Presidente português anunciaram que a agenda não lhe permite ir ao seminário e até o ex-primeiro ministro Passos Coelho se pôs de fora.

O detalhe da exclusão de Passos acrescenta ainda algum picante à história, dado que o PÚBLICO revela que “já Jorge de Miranda garante que a presença do ex-primeiro-ministro levantou dúvidas quanto à pertinência académica do seu contributo”. Excelente: o seminário era de tão alta qualidade que os organizadores se esqueceram de consultar a “pertinência académica” do “contributo” dos oradores que convidaram. Passos deve estar reconhecido por mais esta. Paulo Portas, que também foi anunciado para o encontro, mantém-se mais discreto e, adivinho, de fora do imbróglio. Resta saber se Maria Luís Albuquerque, anunciada no Brasil como professora da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, abrilhantará o encontro com a sua presença.

Ficando deserto de autoridades, o seminário limitar-se-á então, se ainda se vier a manter com tantos abandonos, a uma conversa entre juristas e políticos brasileiros sobre a graça do golpe que está a decorrer. Suponho que só a TAP agradecerá a cortesia.

 

Nota (16.30, dia 24): o vice-presidente do Brasil cancelou a sua viagem. O benefício da TAP com o evento será mais reduzido.

Comentários

  1. Pelo que diz a nossa constituição. o simples fato da nossa presidente estar tentando obstruir a justiça no tocante ao ex presidente Lula, já seria motivo suficiente para que houvesse impeachment. As pedaladas fiscais e as doações ilegais vindas de diversas empreiteiras também engrossam a lista de motivos. Ainda tem as delações premiadas principalmente a do senador Delcídio que não foram incluídas nesse pedido. Mas a OAB já providenciou uma queixa mais completa e dessa, ela não terá como se safar. Quem está pedindo impeachment não são esses políticos que se dizem de oposição. quem pede o impeachment é o povo que sofre com desemprego e falta de investimentos na saúde e na educação.
    Sou moradora da periferia e trabalho numa escola de uma comunidade carente e toda vez que tenho que comprar lápis, caderno, ou até um calçado para um aluno, mais eu sinto segurança em apoiar o impeachment dessa presidente.

  2. F, quando o presidente Mujica fez o seu discurso de despedida dize para quem quiser entender, me voy con la maleta ligera. Lembro de Allende dizer claro no preto, pueden meter la pata pero no las manos. Se lês a deposição de Lula na policia reparas logo que su maleta foi-se enchendo, que meteu las manos, eu sinto vergonha, como senti vergonha das revelações que foram feitas sobre o nepotismo da Bachelet, do envolvimento dos seus em corrupção, do envolvimento de pessoas que levam na lapela o rótulo de esquerda,en fraude y aproveitamento, etc, etc. Nada que me surpreenda, a esquerda ja foi conivente com as ditaduras da esquerda, lembro da poesia de Neruda a Stalin, dos discursos de Aragon, de um mural de Siqueiros en nome dos interesses superiores da revolução proletaria. Que a direita cavalgue a crisis, que conspire, que pretende abreviar o governo PT, faz parte da política em AL, não subscrevo a tese do golpe, porque quem da golpes são as FFAA, as FFAA brasileiras devem ser das forças armadas mais politizadas de AL, sabem exactamente o que se passa no Brasil, sabem de onde vem a corrupção, sabem que ha duas corrupções na Petrobras, uma dos trocos, que favorece os políticos todos, petistas, tucanos, mdebeistas, e outra que tem por base algumas multinacionais. Ha uma história do Geisler com a BP nos anos 70 que revela isso. Brasil sofre uma crisis desde 2013, o modelo baseado na exportação de commodities entrou em declínio com a queda dos preços, mas isso é histórico em AL, o investmento estrangeiro o que quer é um governo que ceda as joias da coroa. A luta política no Brasil esta ao rubro, o que exige do cidadão que apoia o PT que engola sapos, ficavamos mais tranquilos quando um governo de esquerda fosse como a mulher do Cezar , esquerda entre aspas, porque este PT tem um perfume neoliberal muito delicado, foi a crisis de 2008 que parou realísticamante a privatização do património estatal, incluindo a Petrobras. Esta semana sera decisiva, mesmo que o impeachment não vai para frente, a rotura no governo é obvia, e a política no Brasil não tem a lógica de ca, o virar de casaca é normal, como é normal zurcir num provável adversário com todas as armas, e lula fragilizado pelo seu inexplicável património, assim como o dos sus filhos empresários, e das inexplicaveis contribuições de grupos ecónomicos ao Instituto Lula é um candidato derrotável. Que uma parte da população vai a rua contra o governo, que juntem 3 milhões y peçam um golpe militar pode chocar a quem não conhece do verdadeiro estado social do Brasil, junto aos tres milhões de pessoas houve a maior concentração de 4×4, mercedez, BWM, jeeps de todo tipo, a quem tenha deixado o helicóptero ou a avioneta no hangar. Vivir em estado de negação só podes desfeito por uma via, a corrupção deve ser abordado pelo lado dos que iniciam o processo de corrupção que são empresas, se por ca o ex PM meteu ao bolso 20 milhões é uma coisa, mas quanto perderam os portugueses pelo preço que pagaram pelas obras favorecidas, quanto pagam os brasileiros , etc, esse é o debate a fazer, essa é a luta ideológica a fazer.

  3. E que bem que saberia a esses conspiradores, e á tradicional direita europeia apoiante de golpes na América Latina, aquelas jantaradas depois da conferência, com bacalhau do bom, e o cozido á portuguesa daquele que até pinga, em restaurantes á vista Tejo…

  4. Como brasileira, fico agradecida que jornalistas estrangeiros estejam desvelando aos olhos do mundo a tentativa de golpe em marcha no Brasil. Os grupos que pedem o impeachment da presidenta Dilma querem levar no grito o que não conseguiram ganhar nas urnas. A oligarquia no Brasil não quer aceitar mais um governo popular. Tentam, por meio do impeachment, revestir de “legalidade” o que na verdade é um golpe. Temos um judiciário parcial (veja bem, o ministro Gilmar Mendes se confraternizando, neste momento de crise política do país, com os grandes nomes da oposição, em Lisboa)… É tudo tão descarado! O pior é que temos uma mídia golpista, absurdamente manipuladora, que insuflou e apoiou o golpe militar em 1964 e agora apoia o impeachment. O impeachment está previsto na constituição, mas ele não pode ser simplesmente um mecanismo de que a oposição lança mão para tirar uma presidenta, que não cometeu crime, do poder. O voto dos parlamentares que irão votar o impeachment não podem, jamais, substituir os votos de mais de 50 milhões de brasileiros que votaram em Dilma. O país passa por uma crise econômica, é verdade, mas já passou pro crises econômicas muito mais graves; o empresariado está segurando investimentos, porque quer derrubar o governo; os deputados tentam, nas votações, inviabilizar o governo de Dilma. A oposição aposta na ideia de que “quanto pior estiver o país, melhor”,porque querem derrubar o governo. Não pensam no país! Não pensem em apoiar ações para ver o Brasil crescer de novo! Não aceitam os resultados das urnas e ficam procurando, procurando e procurando motivos para incriminar a presidenta e para incriminar o ex-presidente Lula, que é um forte candidato nas próximas eleições. Mas procuram motivos para tirá-la da presidência, e não acham! Mesmo assim, querem fazer o impeachment, sem bases legais! Isso é golpe! Um golpe contra a democracia, contra o resultado das urnas! Tristes tempos… Por isso, repito, agradeço pela matéria elucidativa.

    1. Independente de tudo… Ela mentiu para o povo brasileiro para ganhar a eleição. Ela não tem competência para dirigir um país como o nosso. Politicamente é uma pessoa autoritária e arrogante, o que dificulta muito o comando. Nenhum parlamentar é patriota, estamos diante de benfeitores de si próprio e dos laranjas. Precisamos mudar… Mudar e mudar…. É uma bandalheira tão persistente que o futuro de nossos filhos será uma vida longe do nosso maravilhoso país.

      Choro e lamento muito por tanta podridão.

    2. Parabéns, Daniele. Você conseguiu resumir o que realmente está acontecendo no Brasil. Foi elucidativa, coerente e soube do que falava. Quisera que existissem mais pessoas assim.

    3. Domênico, em UM – Se você apontar até a data atual, qual o candidato que em campanha política nunca mentiu para ganhar eleição? Você ganhou, pois isto é um fato comum a esta classe. Em DOIS – Só os covardes fogem a luta, nunca levaria os meus filhos para fora do País por desmandos políticos, muito pelo contrário, eles terão que continuar a luta por dias melhores. Em TRÊS – O lugar de ladrões é na cadeia, independente de Partidos Políticos, desde que sejam apuradas, esquadrinhadas, e devidamente investigadas todas as denuncias, fato que não é comum aqui no Brasil. Infelizmente, por viver mamando nas TETAS DA NAÇÃO a mídia brasileira, manipuladas pelas famílias que detém as maiores empresas de comunicação aqui no Brasil, que apoiaram a DITADURA MILITAR, e querem o continuísmo da direita, se vendo perdida a QUATRO DISPUTAS PRESIDENCIAIS, e tendo a certeza que mais uma vez perderão em 2018 se une a espúria da oposição para inviabilizar uma Nação, haja vista emudecer diante dos “CUNHA”, dos “PAULINHOS”, dos “AGRIPINOS” dos “CASSIOS”, dos “AECIOS”, simplesmente omitindo os escândalos e os rombos produzidos pelos mesmos. Desonestos existem em todos os partidos, sem exceção, mas só divulgam do PT. Não choro pela Podridão, luto para que ela desapareça, e que os podres sejam devidamente PUNIDOS.

  5. O que está acontecendo no Brasil se chama golpe e a Dilma por mais incompetente que seja não cometeu nenhum crime ao contrário daqueles que a querem derrubå-la do poder. Pessoas como Eduardo Cunha, Aecio Neves ,etc não vale o prato que comem.

    1. Se tratam do mesmo instrumento constitucional meu caro, mas temos que atentar para os contextos distintos. Nas menções levadas pelo PT em governos passados, pesavam denúncias de corrupção pesadíssimas, como o arrombo aos cofres públicos devido o processo de privatização das empresas nacionais, porém, o quadro político julgou não ter respaldo e embasamento político e naquele período esse imbróglio não teve sequer atenção da mídia. Agora vivemos uma situação que pesa denúncias de corrupção em relação ao PT, mas em contrapartida, ainda não se tem provas do envolvimento da presidente. O que se tem são especulações e investigações. Não se pode tirar um presidente levando em consideração sua inaptidão em governar, impeachment é algo sério e mesmo sendo um instrumento constitucional que deve ser respeitado. Sem contar na atuação desleal da mídia nacional em desvirtuar toda a discussão, em falsear fatos, em culpabilizar apenas um lado e manipular a opinião. Sim, o que estão planejando é golpe e não, não estão fazendo tudo isso pelo fim da corrupção.

    2. Com Dilma já queriam golpechment antes de ela assumir. No dia seguinte à eleição, não conseguem esconder o revanchismo eleitoral. Ao invés de arrumar alguma evidência e aí propor impeachment, primeiro propõem o impeachmente depois buscam a evidência.

      E foram várias as tentativas, anulação das eleições, auditoria, cassação de chapa, impeachoment. É golpe como o que fizeram com Lugo.

    3. Não senhor. Quando não há crime cometido e comprovado pela pessoa que ocupa o cargo, é golpe. Não é se fazendo de desentendidos que vão conseguir. Vá às urnas. Ou vá pra Miami.

  6. Bravo, não é atoa que já desde meados de 2014 entro no público com frequência para me informar tanto de fatos internacionais (como a guerra contra o EI recentemente) quanto o que acontece aqui no Brasil, infelizmente nossa mídia é de envergonhar.

  7. Nem preciso acrescentar nada diante de tantas boas respostas.
    Mas gostaria imensamente agradecer ao autor pela análise brilhante
    e pelo apoio do povo português. Espero que haja um real boicote
    ao infame convescote e que se forme uma rede de protesto a fim
    de botar a escória golpista para correr. Estamos vivendo dias de verdadeiro
    horror – midiático e judiciário – e fico aliviado de saber que não estamos
    a sós. Grande abraço a todos os portugueses e democratas!

    1. Um abraço também para todos quantos são Brasil, da imensa nação e do povo, de que, como portugueses, nos orgulhamos de chamar de irmão. Não há golpe que vença a democracia e a razão.

  8. Alívio saber que podemos contar com democratas além mar! Este golpe esta sendo tramado desde a vitória de Dilma Rousseff.
    A própria lava jato começou com a vitória da Dilma no segundo turno, óbvio que inicialmente era uma manobra da oposição para o “quanto pior melhor” , e para “dar o golpe” a oposição usou todo o roteiro do qual tem bastante domínio para acusar o PT, acho que eles não explicaram muito bem o objetivo para o Juiz Moro, que mesmo sendo tucano e tendo passado pelo caso Banestado deixou as delações premiadas saírem do controle, impossível manter o controle dessas delações premiadas sem envolver seus campeões : PSDB.PMDB e PP, quanto a essa recente lista que muitos acham que está sendo usada para coagir o MDB (isso não merece o P, porque não é um partido) a sair do governo, são mentiras, essas coações JÁ estão sendo feitas pelo menos há um ano, o caso Cunha é a prova disso o poderoso chefão do Moro, na minha visão o Procurador Geral Janot esta usando o Cunha de boi de Piranha nessa história, se checarem todos os passos dados pelo Janot inclusive a velocidade usada ( praticamente uma marcha ré) verão que o Cunha é a rainha no tabuleiro de xadrez do Janot que é o rei E que precisa de um xeque mate, no golpe. E de preferência que a Lava Jato continue nas mãos de juristas democratas e imparciais.

  9. Os organizadores do seminário “descobriram”, apenas depois da defecção do ex-primeiro ministro, que sua presença era impertinente, por não ter lastro acadêmico. Bem, quem sabem depois também percebam ou dêem a saber qual é a a ligação que existe entre os estudos de direito e a dupla Aécio Neves e José Serra. Neves é por assim dizer um economista – de fato, um eterno playboy desocupado. José Serra, quase engenheiro e auto-proclamado economista, é o famoso autor de uma dissertação de doutorado que ninguém leu e que não consta no catálogo de qualquer biblioteca acadêmica, nem mesmo naquela em que, supostamente, ele a apresentou. A contribuição dos dois luminares aos estudos de Direito é, sim, discutível. Mas a contribuição para as ações de direita é inegável. O grupo e o famoso ‘jurista’ Gilmar Mendes visivelmente tentaram envolver autoridades portuguesas na legitimação prévia de um golpe. Antigamente, se dava o golpe com armas e em seguida se procurava o ‘reconhecimento’ do novo governo junto aos ‘países relevantes’, que evidentemente haviam contribuido para o golpe. Hoje, não, o golpe segue outro roteiro e procura ‘reconhecimento do novo governo’ antecipadamente. Além de tudo, esses organizadores do seminário estão promovendo algo como um inconveniente diplomático.

  10. Excelente abordagem para o momento político que vive o Brasil. Sim, eles planejaram tudo há cerca de uma ano.Tudo minimamente pensado e orquestrado pelo Ministro dono de um instituto de ensino(acho que há um conflito de interesses) e pelos senhores José Serra, Aécio, Temer e Eduardo Cunha, todos corruptos que aparecem na lista da construtora Odebrecht como beneficiários de doação de campanha e propinas, divulgada ontem pela Polícia Federal, e horas depois o juiz Moro declarou sigilo sobre a dita lista. Na qual mais de 200 nomes de congressista brasileiros aparecem como beneficiários de doações da construtora. Quanto a mídia golpista, é um caso bastante conhecido aqui no nosso país. A Rede Globo o maior conglomerado de comunicações da América Latina deve cerca de 38 milhões ao fisco brasileiro e quer continuar manipulando o povo para não pagar sua dívida e negociando com os congressistas seus projetos. Segundo a imprensa local a Rede Globo faz parte do consórcio da SAMARCO protagonista do maior acidente ambiental do Brasil. E fora tudo isso a concessão pública da Rede Globo vence em 2018. E como eles sabem que Lula tem força para se eleger presidente em 2018, querem destruir sua reputação. Porém, não conseguirão. E a presidente Dilma é uma mulher idônea, não há crime algum contra ela. Por tudo isso, nós brasileiros fazemos coro com nossa presidente: “Não Vai Ter Golpe”!
    #NãoVaiTerGolpe
    #GloboManipuladora

  11. Não é claro que a iniciativa possa vir a ser um imbróglio, quando se avolumam os sinais que poderá não o ser ,pela simples circunstância de que a consciência do imbróglio poderá ser a razão do fiasco.Por uma questão de agenda, claro está, aumentam as declarações de ausência de alguns distintos oradores convidados ,que não podem emprestar a chancela institucional , ou que serão pouco relevantes para os temas a tratar, reduzindo o alcance da iniciativa ao debate de ilustres académicos com laureados constitucionalistas, com a ingrata missão de defender a lei mais importante e primeira dos desmandos e dos abusos com que as crises não cessam de a confrontar.

  12. Como brasileira entendo como golpe o que hoje acontece no Brasil. Um Congresso comandado por corrupto é quem tem pressa de apear da cadeira da presidência uma mulher como Dilma, a quem não podem atribuir com um mínimo de veracidade qualquer crime. Ora, a alternância de poder no Brasil se dá a cada quatro anos por meio do voto. E não se concebe um país parado por que um playboy não sabe perder. E junta–se a ele, elementos do judiciário brasileiro, que confundem o instituto da justiça com o Justiçamento, agindo ao arrepio da Constituição e atiçando uma guerra fraticida no território brasileiro. #Não VaiTerGolpe.

  13. Constitucional seria, não fosse o arranjo que se fez mantendo um presidente da Câmara dos Deputados do naipe de um Eduardo Cunha (PMDB) à frente dos arranjos do gol… Ops! Digo, “Processo” de impeachment. Não há crime de responsabilidade, mas um lorota repetida por celerados. Para o Bertazi acima, uma pergunta: se Dilma e Lula são corruptos, por que não aparecem entre os beneficiários do “listão” da Odebrecht? Por que, diferentemente do que se desenvolvera com os depoimentos de Delcídio do Amara e os grampos ilegais, imorais e insconstitucionais de Moro contra Dilma e Lula, o mesmo Moro – o probo – decretou sigilo ao listão de benésses?

    Responde aê: Tô curioso pra ver teu contorcionismo retórico.

  14. Bravos irmãos portugueses
    Nos ajudem a divulgar este golpe de estado que está sendo perpetrado por esta malta de direita que estará aí no dia 31 de março, data de triste lembrança. Não confiem na mídia brasileira, principalmente a TV Globo e nos jornais Folha de S.Paulo e Estado de S.Paulo que estão irresponsavelmente incendiando o país com mentiras e manipulações escandalosas.
    Gilmar Mendes, juiz da Suprema Corte, rasga a constituição diariamente ao pregar o golpe abertamente. Uma abominação.
    Espero que vocês mostrem à estes senhores de pouca vergonha que os democratas portugueses não deixarão que um golpe seja apresentado em vossa terra.

    1. Eu quase não faço outra coisa durante os dias, há muitos dias, do que informar amigos sobre os transes e os passos da tramóia que Cunha e sua quadrilha montou para atropelar a Constituição do Brasil e a democracia, e, ao mesmo tempo, retomar o poder que retinham há séculos e perderam nos últimos 12 anos, e fecharem os processos que os têm como corruptos certos e continuados, como lavadores de dinheiro de propinas em offshores e bancos suíços e luxemburgueses
      .

    2. Muito bem, Roberto Azenha, dou testemunho de suas palavras e assino embaixo. Portuguêses, nós brasileiros que já partilhamos uma história juntos, contamos com vocês, denunciem a farsa.

  15. Nós, brasileiros contrários ao impeachment, defendemos que não há base legal para o afastamento da Presidente (eleita em ritual democrático normal e por maioria dos eleitores!). O que está havendo no Brasil é, sim, a criação de uma situação de golpe de Estado estimulada por setores da fraca oposição e da forte mídia. Lembro que a presidente não é ré em nenhuma investigação e não há nenhuma acusação de corrupção contra ela.
    Para os interessados, indico artigo técnico-jurídico de dois operadores do direito, não alinhados a nenhum partido.
    http://emporiododireito.com.br/supremo-tribunal-federal-deve-barrar/

  16. Boas colocações Francisco Louça, sempre coerente.
    Este evento, que pretende ser de Direito na verdade é de Direita.
    Me pergunto, qual a contribuição acadêmica do Sr. Aécio Neves ao Direito, ou mesmo o Sr. José Serra.
    Este Seminário afronta com a democracia brasileira, e se fosse o Reitor da Universidade de Lisboa, suspenderia logo, posto que esta Instituição ficará relacionada com o Golpe, inclusive,podendo ligar com o Colonialismo.
    O Ministro Gilmar Mendes e o Toffoli, apenas querem um motivo para não trabalhar no dia 30, que ocorreria uma plenária do STF.

  17. Obrigado aos irmãos portugueses que, mesmo de longe, conseguem entender melhor do que muitos brasileiros manipulados pela imprensa monopolista que o que se passa no Brasil é um golpe ‘a frio’, como o que ocorreu no Paraguai há alguns anos. Inexistem as condiçöes constitucionais para a interrupção do mandato, e o poder judiciário, extremamente corrupto e politizado, vem sendo utilizado de maneira seletiva para perseguir e denegrir a imagem dos líderes que historicamente mais contribuíram para a redução das desigualdades sociais no Brasil.

  18. Não consigo entender a diferença entre a corrupção em Angola, que tanto critica, e a do Brasil, que tanto se empenha em que não seja investigada. Talvez porque o segundo ainda é estado de direito.
    Os gritos de “não há golpe” no memso instante em que um estava a ser cometido, com a nomeação de Lula para ministro, diz muito sobre a natureza do mal que se abateu sobre os brasileiros.
    Como vi em qualquer sítio que não me recordo, com Lula da Silva como ministro informal, o PT passa a ter, além da equipa do “grelo duro”, uma piroca honorária.
    Saúde.

    1. Senhor Hilário. Não sei se pretendeu ser engraçado, mas o fato é que meteu as botas pelas luvas. A corrupção, seja ela em Angola, no Brasil ou em qualquer lugar do planeta é uma erva daninha que há que ser extirpada. Infelizmente o seu nível de informação acerca da suja política brasileira o senhor obtém via rede globo, revista Veja ou jornais como Folha de São Paulo e O estado de São Paulo. Não sei se o senhor sabe mas um dos organizadores desse imbróglio golpista em terras lusitanas, o ministro Gilmar Mendes é uma das figuras mais nefastas e corruptas do sistema judiciário brasileiro. Quando ele era funcionário da procuradoria geral da República, com vários processos pesando contra si, o então presidente FHC fez um decreto que dava a Gilmar mendes o status de ministro e consequentemente o direito ao foro privilegiado, que no Brasil, antes de fazer justiça, esse instrumento somente serviu à absolvição de notórios corruptos. Em toda a história do foro privilegiado, apenas políticos f o PT ou a ele de alguma forma ligado foi condenado. Nosso do STF sempre foi um representante da idéia de que no Brasil a lei é uma coisa que só serve para prender PRETOS, POBRES E PUTA. ..e ultimamente PETISTAS. José Serra e Aécio Neves articulam com Michel Temer o futuro governo nas seguintes bases: O vice presidente, com a saída de Dilma se compromete a nso disputar as eleições de 2018 e interromper a “caça as bruxas”….ou seja…enterrar toda e qualquer investigação. Se isso não ocorrer, sobra muito pouca gente desses dois partidos contra quem não pese acusações com fartas provas de corrupção cometida. Informe -se melhor!

  19. Como brasileirae também portuguesa de nao vem ao caso que classe , apenas tendo o habito de classificar os pensamentos e de pensar, gostaria de informar ao meu caro conterrâneo acima, que o crime de responsabilidade fiscal ao qual ele se refere, é pratica comum na maioria dos governos federais estaduais e municipais do Brasil desde a época das capitanias hereditárias E já foi mais do que estudado para mostrar que ele nao justifica o golpe Portanto o conluio do qual ele se refere patrocinado pelas tais empreiteiras tem entre seus beneficiados principalmente os” participantes do dito seminário” entre eles o Sr Serra e o Sr Aecio neves entre outros frequentemente presente em todas as listas até hoje divulgadas .Portugal tem um pouco mais de historia, e de ações politicas na sua historia recente, que nao cai nessa historinha da carochinha desse ramos da “direita brasileira”. que alem de corruptos, tem o cinismo evidente de querer incriminar quem nao tem seu nome na tal referida lista da construtora, preferida também da nossa co-irmã linguística Angola.É realmente mais fácil vender uma Petrobras falida aos interesses da chevron e outras, nao é bem o governo atual que propiciou esse interesse!

  20. Como brasileiro digo com certeza aos portugueses, e a Portugal esse país que tanto amo e que vou todos os anos! É GOLPE SIM! As pedaladas fiscais são processos comuns em que pega-se dinheiro de um lado e se coloca no outro para depois voltar tudo como era antes. TODOS os governos anteriores fazem esse tipo de negociação interna. FHC fez isso, LULA fez isso, COLLOR fez isso, e não foi por isso que caiu! Há até mesmo no STF uma puta para discutir se esse tipo de ação é ou não crime de responsabilidade. Se a Dilma cair por isso, outros 14 governadores de estado tem que cair e os governos anteriores a Dilma devem ser considerados criminosos. Esse é o ponto 1`. Há no Brasil, hoje uma TOTAL manipulação dos dados através da mídia… casos suspeitos do PT são colocados na mídia como certezas jurídicas enquanto Aécio, Cunha e outros ficama margem da indignação. A mídia criou um clima absurdo de caça as bruxas, mas somente a algumas bruxas. Há uma indignação seletiva que elva a um ódio de classes principalmente para aqueles que possuem pouco educação crítica e pouco sentido ético-histórico. O juiz Sérgio moro, grande heróis nacional da direito, solta para a mídia o que acha necessário e coloca em sigilo o que pode mostrar nomes do PSDB, partido que centraliza o golpe. Enfim, poderia ficar aqui horas descrevendo os absurdos que se passam em nosso país. Não defendo o atual governo, poderia também ficar horas descrevendo as absurdos econômicos e sociais da atual gestão. Mas tirar um governo passando por cima da carta magna, utilizando-se de uma mídia e um juiz parcial só chamo de uma coisa: GOLPE! Um golpe branco muito bem articulado e corroborado por uma população midiatizada, acritica e acéfala!

  21. Quero informar o senhor Francisco Louçã que faça um favor aos portugas de falar daquilo que não sabe!!!Eu sou portuga e estou no Brasil desde do inicio de novembro e até agora o que eu tenho lido e assistido na televisão é de arrepiar qualquer ser humano de tanta safadeza e corrupção!!!É de bradar aos céus tanta gatunagem pelo partido do LULA!!!Como ser humano que sou e cidadão portuga me sinto cheio de nauseas de tudo que oiço e vejo todos os dias na imprensa brasileira!Deixo aqui o meu testemunho depois disto tudo já não gostava dos politicos em portugal e não gosto mesmo!!!Sinto asco,nojo e repugnancia dos politicos!!!!Viva o Juiz Moro que informou os governados pelos governantes o desprezo que os politicos sentem pelo povo,jogou toda a porcaria dos politicos feitos nas escutas e mandou para o ventilador para o povo brasileiro ficassem a conhecer os politicos que tem!!!Viva Juiz Sérgio Moro!!Em portugal ninguém teria essa coragem!!Vergonha da justiça portuguesa nunca denunciar as escutas do tal senhor Socrates!!!Vergonhoso…..

    1. Bem se vê que se informa pelo que nós chamamos aqui de PIG Partido da Imprensa Golpista. O senhor está muito mal informado. Hoje no Brasil somente os blogs contam a verdade o resto é mentira, manipulação de notícias, invenções. Informe-se sibre a real intenção da imprensa brasy, wue está nas mãos de 7 famílias e monopolizam a informação por aqui.

  22. Uma questão ainda mais importante e urgente é porque é que o rapaz do lava-jato foi preso cá em Portugal e horas depois as autoridades já estavam a abanicar o rabo para o extraditar e esperar pela recompensa e festinha na cabeça quando parece que o brasil NÃO TEM TRATADOS DE EXTRADIÇÃO COM PORTUGAL.
    Qualquer brasileiro que ASSASSINE um Português e consiga fugir jamais será extraditado.
    É o caso do que matou o miúdo no algarve, padre frederico etc etc
    Nem o Godinho, um português condenado a 17 ANOS DE PRISÃO parece ser extraditado.
    Esta tudo louco ?

  23. Obrigada Louça ! Eu não esperaria menos de um camarada que sabe exatamente o que está acontecendo no Brasil e como este “evento” contribui para a desestabilização democrática e a garantia da democracia no país. Gostaria de lembrar que o concluio de golpístas brasileiros e portugueses não é de hoje, haja vista a ida de Marcelo Caetano para a extinta e controversa Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, para “ministrar” aulas de direito. E também a fuga para o Brasil, de empresários que roubaram o estado e o povo português após a Revolução dos Cravos. Poderia mesmo ir mais longe na história e lembrar que Antonio Ferro teve adeptos cativos no Brasil, durante a ditadura de salazar em Portugal.
    Defendamos a democracia e o estado de direito em Portugal, no Brasil, em Angola, em Moçambique, enfim onde ela é ameaçada. Temos que estar atentos, sempre !!!!

    1. Marcello Caetano era um dos grandes especialistas mundiais nas áreas de Direito Administrativo, Direito Constitucional e Ciência Política, e ainda hoje o Direito e a Ciência Política portuguesas não conseguiram ultrapassar a influência de Marcello Caetano. Por isso, excluíria esse exemplo – é só um caso de alguém aproveitar (verdadeiros) talentos.

  24. Como português que acompanha a questão brasileira atraves dos media(sendo por isso,muito provavelmente manipulado pelos ditos cujos),gostaria de saber se posso manifestar apoio às politicas do Lula,sem ser imediatamente linchado numa oliveira…como certos brasileiros e portugueses querem fazer ao muito grande Chico Buarque? Quanto ao assassinato politico de Lula,a tecnica é exactamente a mesma que foi utilizada em Hollywood aquando da perseguição aos comunas(esses malvados) cinefilos,sendo um deles o (imagine-se) Robert Mitchum.

    1. Certamente que o património que Lula e familiares têm atualmente (muito superior ao que tinha antes de entrar no governo) lhe foi impingido por alguém com o intuito de o tramar. Ele há gente muito má…

  25. É como diz, a coisa cheira muito mal. Aproveito para tirar o chapéu à reacção do nosso presidente da repúplica por se ter excluido deste evento na sua alma mater. Quanto à Maria, imagino que a decisão dela dependerá apenas da existência de uma speaker fee ou de uma promessa de “posição não executiva” nalgum banco brasileiro.

  26. O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) não é um partido de direita, já nasceu como um partido de centro-esquerda,basta conhecer a história e a trajetória politica do ex presidente FHC e do senador José Serra para contatar isso,assim como do senador Aécio Neves que é neto de Tancredo Neves, simbolo da luta pelas eleições diretas e combate ao regime militar. Para os portugueses que desconhecem a situação politica brasileira: A presidente Dilma desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal, gastou muito mais do que deveria e quebrou o país, escondeu isso da população e do congresso com as “pedaladas” fiscais que é o atraso do repasse obrigatório do dinheiro destinado aos programas sociais, com isso os bancos públicos acabavam financiando os gastos obrigatórios do governo e o dinheiro não repassado era usado para aumentar artificialmente o superávit primário e maquiar as contas públicas. Isso é caso de impeachment, tanto é assim que 68% da população quer o afastamento ou a renuncia de Dilma.

    1. Curiosidade: Nas próximas eleições, votas em quem? Nos não corruptos? Quem são?

      É que mesmo que a Dilma seja culpada do que dizes, está relacionado com dinheiro que bancos publicos forneceram para programas sociais (que escândalo, meu deus!!!!).

      Os teus amigos do PSDB e PMDB não, são negócios bem mais graves! Sabes disso, e não referes! Estranho!!!!

    2. Assim como Dilma eo PT brasileiro e François Holande e seu PS, nao podem realmente ser considerados exatamente de esquerda , pois funcionam com o mesmo interesse no capitalismo destrutivo atual. Esses que o Sr citou acima se nao são direita ,e tb nao são direitos, alias! Os portugueses nao desconhecem a situação brasileira atual ,pois nao vivem enfurnados nos proprios umbigos, sem nenhuma cultura politica e se achando centro do mundo.Muito pelo contrario muitos portugueses conhecem bem a politicagem vagabunda dessa ” equipa” que o Sr citou acima como se querendo passar por pessoas do ” bem” Engraçado que o nome de todos aparecem nas listas de pagamentos de propinas da tal construtora!muda o disco dessa pedaladas pois isso já esta gasto como desculpa!Nao cola mais como desculpa para o golpe anti democrático que pretendem !

    3. Ó Ernesto, já ninguém vota pá! Como se ir lá votar de 4 em 4 anos pose-se a cidadania em dia. Uma espécie de absolvição… Não?

    4. quem é o senhor, caro desconhecido marcel, para querer ensinar aos portugueses sobre a ‘história político-partidária brasileira’? quanto ao querido tancredo, pobre, deve estar se revirando de desgosto pelo neto que, para nós, de positivo, nada representa. muito pelo contrário…

    5. Meu caro, o partido da social democracia brasileira (PSDB) nasceu sim com ideal de centro-esquerda mas ao chegar no poder perdeu o rumo e esqueceu seus propósitos.
      Os políticos que o senhor citou esqueceram as ideias iniciais do partido, José Serra e outros caciques chegaram a se tornar milionário vendendo as empresas públicas brasileiras. Esse ficou conhecido como a privataria tucana, tem um livro falando sobre esse assunto.
      Tancredo Neves deve estar remoendo no túmulo com as atitudes de seu neto Aécio. Tancredo estava ao lado de Getúlio Vargas antes do suicídio, defendendo a democracia, hoje Aécio faz exatamente o contrário, defende o golpe.
      Pedalada fiscal não é crime, não fere a lei de responsabilidade fiscal porque o orçamento é votado antes do ano em exercício. Com o orçamento aprovado tem que se executar, pagar a conta.
      A pedalada fiscal, que é uma prática usada por todos ex-presidentes, governadores e prefeitos acontece porque muitas vezes a arrecadação não acontece na mesma velocidade que os gastos, por isso o poder executivo pediu para os bancos públicos pagarem e depois quando arrecadou os recursos pagou a essas instituições.
      Isso nunca foi crime, é uma manobra contábil sempre usada.
      68% por cento da população apoia o impeachment por que são manipuladas pela grande imprensa que é inimiga de governos progressistas (Lula, Dilma, Getúlio Vargas, Jango, Juscelino Kubitschek, Leonel Brizola e outros).

    6. Seu aecim é filho do aecio cunha, um reacionário de direita..deixa de ser baba ovo..puxa sacooooo

    7. Tal como esse Marcel, muitos brasileiros vêm sendo influenciados pela mídia oligárquica e se põem apenas a repetir o que lhes chegam aos ouvidos. Incrível, pois o conhecimento médio dos denominados “coxinha”, pessoas da direita sem lucidez, não serve para uma mínima discussão. Dizer que Dilma “quebrou o país” é um disparate e encontra uma comparação muito curiosa.
      No governo anterior aos de Lula e Dilma, o de Fernando Henrique, do PSDB, o Brasil quebrou três vezes: três vezes foi ao FMI de pires na mão.
      Com Lula (dois mandatos) e Dilma, o Brasil passou a ser credor do FMI e tem reservas internacionais de mais 350 bilhões de dólares.
      Se 60% da população quer isso ou aquilo, pode até ser, isso se deve às campanhas da midia golpista. E a população pode reprovar o governo – que vem sendo trucidado por políticos da laia de Eduardo Cunha – mas isso não justifica o impedimento, daí ser um GOLPE.
      Se fosse “tal a unanimidade” apregoada pelo comentarista acima, o país não estaria tendo tana repulsa ao GOLPE. Até mesmo a ONU (CEPAL) se posicionou contra as ameaças à democracia.
      Não adianta repetir como papagaio o que se lê nessa midia golpista e oligárquica (são quatro familias apenas). Um delas virou chacota internacional neste fim de semana (VEJA) ao anunciar um plano de fuga de Lula para a Itália… A Embaixada da Itália negou o que fora citado e desmascarou a revista golpista que protege, até não poder mais, o PSDB e seus políticos golpistas que não admitem a perda das eleições e quase 20 anos fora do poder.

  27. Como brasileiro da classe média quero esclarecer que não se deve classificar como golpe o processo de impeachment que decorre no Congresso Nacional brasileiro
    Em nossa carta magna é legítimo o processo para o crime de responsabilidade fiscal cometido por este governo que tomou empréstimos automaticamente de bancos públicos, o que é proibido pela legislação
    Há também o conluio com grandes empreiteiras brasileiras que tomaram de assalto a então maior empresa btasileira, Petrobras, com atos de corrupção promovidos com a ajuda de membros deste governo e que levou a empresa a uma situação pré falimentar
    Obrigado pela oportunidade dos esclarecimentos

    1. E se fosses um brasileiro de classe baixa? Ou pior um brasileiro com baixa classe? Acharias o mesmo?

    2. Como brasileiro, não sei minha classe, mas que na certa sou operário, o que vemos no Brasil atualmente é uma mulher séria que está sendo entregue em sacrifício para aplacar a ira de uns 300. Sobre a questão de “Crime de Responsabilidade”, se ocorrer o fato de Dilma ser afastada definitivamente do cargo, no dia seguinte, 16 governadores de estado (distritos), poderiam automaticamente ser imputado o mesmo “crime”. Pior ainda, teríamos um episódio único na história do direito que uma pessoa é culpada e condenada por um “crime” vindo do passado, visto que TODOS os presidentes do Brasil, em algum momento e medida, usaram tal prática. Por último, a quem tiver interesse, segue o link de um bom trabalho realizado pelos advgados Alexandre Gustavo Melo Franco de Moraes Bahia, Marcelo Andrade Cattoni de Oliveira e Paulo Roberto Iotti Vecchiatti: http://emporiododireito.com.br/supremo-tribunal-federal-deve-barrar/

    3. O impeachment só está previsto na constituição se o presidente tiver participação direta em algum crime de responsabilidade.
      Usar bancos públicos para realizar pagamentos que já estavam previsto num orçamento que é votado no início do ano pelo congresso não é e nunca foi crime.
      Se crime fosse os ex-presidentes brasileiros Lula, Fernando Henrique, Itamar Franco e outros deveriam ser condenados.
      O congresso Nacional está cheio de corruptos , gente que responde até por crime de homicídio. Essa gente quer o impeachment da presidente porque nunca nesse país os políticos sequer eram indiciados por seus crimes. E hoje em dia desde os governos do PT foram criadas diversas leis de combate a corrupção.
      Exemplos: criação da Controladoria Geral da União (2003), lei da delação premiada (2012) , lei da transparência, lei anti-corrupção, o novo pacote de leis anti-corrupção está parado no congresso Nacional desde 2015 e os deputados não colocam em pauta, está lá enterrado.
      É assim que eles querem combater a corrupção ?
      Os roubos na Petrobras sempre aconteceram, até Fernando Henrique em seu novo livro disse que fora alertado de corrupção na estatal e nada fez para impedir, só houve combate a esses desvios nos governos petistas com a aprovação das leis que citei anteriormente.
      Os problemas financeiros da Petrobras está mais associado a queda do preço do petróleo no mercado internacional do que a corrupção. A maioria das grandes empresas de petróleo e países dependente dessa comoditie estão passando por dificuldades financeiras.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Tópicos

Pesquisa

Arquivo