Tudo Menos Economia

Por

Bagão Félix, Francisco Louçã e Ricardo Cabral

Francisco Louçã

24 de Maio de 2016, 11:41

Por

A tragédia da Venezuela

Quando visitei pela primeira vez a Venezuela, Carlos Andres Perez era a figura dominante. Vagamente social-democrata, o presidente era um dos arautos da Segunda Internacional na América Latina, ainda abalada pelas ditaduras. Mas o seu poder baseava-se sobretudo em ser o organizador de uma sociedade que começava a receber as divisas do petróleo, mas em que um restrito grupo social vivia faustosamente sobre um mar de pobreza. A violência e a corrupção eram as armas da governação. Perez foi duas… Continuar a ler ›

Ricardo Cabral

23 de Maio de 2016, 23:57

Por

Porque caem os dividendos do Banco de Portugal em 2016?

O Banco de Portugal (BdP) publicou a 16 de Maio o seu “Relatório de Atividade e Contas 2015”. É o primeiro ano em que as contas do BdP reflectem o efeito do programa de expansão quantitativa do BCE – programa alargado de compra de activos – e, em particular, de compra de dívida pública portuguesa. Uma breve análise do Relatório levanta algumas interrogações: – No âmbito daquele programa do BCE/Eurosistema, até 31 de Dezembro de 2015, o Banco de Portugal… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

23 de Maio de 2016, 11:36

Por

Estado ou Governo?

As palavras devem ser usadas com sentido de precisão. Este rigor – cada vez menor – deve ser mais exigente quando se escreve ou fala no âmbito público e oficial. O anterior Governo – creio que na esteira de precedentes formulações – entendeu que documentos oficiais e formulários da Administração Pública deveriam passar a usar um logótipo com a bandeira portuguesa estilizada e, ao lado, GOVERNO DE PORTUGAL, acrescentando a seguir o departamento ministerial respectivo. Não me detenho aqui no… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

20 de Maio de 2016, 11:12

Por

Um dos riscos de degradação da comunicação social

O episódio do título da TVI sobre o Banif foi discutido numa acalorada comissão de inquérito. Sobre ele, nada a acrescentar. Mas há uma interrogação que me amofina e que é esta: porque é que a comunicação social se tornou tão vulnerável? Não será porque tem cada vez mais dificuldade em dar notícias? Confesso que o assunto me intriga e, agora que olho para ele sem ser protagonista nem ter qualquer responsabilidade de dirigente partidário, me assusta. Ainda por cima,… Continuar a ler ›

Francisco Louçã

19 de Maio de 2016, 08:48

Por

O banco mau pode ser uma má ideia, senhor governador

Carlos Costa explicou há dois dias porque tem que ser criado um “banco mau” para ficar com os créditos difíceis dos bancos. A Comissão Europeia veio ontem sugerir que o prazo para essa decisão é Outubro deste ano. Os bancos disseram logo de seguida que não estão interessados (mesmo que alguns secretamente desejem que tal aconteça, provavelmente desde que não paguem). O Presidente disse que concorda se não houver custos para os contribuintes. O primeiro-ministro disse que há um problema… Continuar a ler ›

António Bagão Félix

18 de Maio de 2016, 12:29

Por

Silêncio entre silêncios (e um aniversário)

Frequentemente acontece guardar-se um minuto de silêncio pela morte de alguém com algum significado ou representação. Nos recintos desportivos, essa forma de homenagem exprime-se, em geral, perante muitos espectadores. Sobretudo nos estádios de futebol, o silêncio é, não raro, substituído pelo ruído de muita gente que se está nas tintas para o momento de respeito, como também por palmas e palminhas miméticas para quem 60 segundos de silêncio são quase uma eternidade impossível de cumprir. Como isto é exasperante diante… Continuar a ler ›

Tópicos

Pesquisa

Arquivo