Os sete pecados mortais da Google

Num debate em que se discutia se a Google estará a fugir ao seu slogan “Don’t be evil”, um dos oradores fez o curioso exercício de tentar demonstrar que a empresa cometeu os sete pecados mortais.

A maioria das analogias parece-me rebuscada – não vejo porque razão competir com outras empresas é necessariamente inveja -, mas é um discurso interessante:

Esta entrada foi publicada em Web com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/tecnopolis/2008/11/23/os-sete-pecados-mortais-da-google/" title="Endereço para Os sete pecados mortais da Google" rel="bookmark">endereço permamente.

2 comentários a Os sete pecados mortais da Google

  1. Dou-lhe os meus parabéns pelo facto de ligar (linkar!) directamente à fonte, o que nos permite a nós leitores ter acesso directo ao debate …sem ter de passar pelo Google. É para isso que servem as hiperligações!

    Penso ser este o bom jornalismo, embora se corram maiores riscos do que citar a Fonte em papel: os leitores têm acesso imediato à fonte.

    Não sendo eu jornalista, permita-me uma opinião de leitora:
    – o seu Título é atractivo mas não conseguiu fugir à tentação (formação profissional) de dar o seu próprio enquadramento. O debate foi bastante equilibrado, havendo defensores do sim e do não. O evil motto e este debate em particular é uma discussão muito americana. Começa por ser engraçado que a Própria Google o tenha escolhido!
    Excelentes oradores num forum que vale a pena
    referir:
    http://www.intelligencesquaredus.org/index.aspx

    Responder
  2. É óbvio que a inveja e termos algo de invejável no qual possamos colocar o nosso barómetro é que nos transmite a capacidade de lutarmos pelo status-quo. Toda a vida se rege por dialéctica e competetividade… Só quando somos completamente desprendidos não temos inveja, e quando não temos inveja não competimos por nada…

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>