Tecnologia eleitoral

Mais do que chamadas telefónicas automatizadas ou e-mails, é o SMS que pode ajudar a fazer a diferença numa campanha política – e, se assim for, Barack Obama acertou na tecnologia (John McCain optou por não enviar mensagens para telemóveis).

Resta saber se também é eficaz a campanha em videojogos, que Obama está a fazer desde o início do mês.

Esta entrada foi publicada em Cibersociedade com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/tecnopolis/2008/10/28/tecnologia-eleitoral/" title="Endereço para Tecnologia eleitoral" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>