Chris Anderson em entrevista

Pude hoje entrevistar, ainda que durante pouco tempo, o director (editor in chief) da Wired, Chris Anderson.

Depois de A Cauda Longa, o jornalista preparara-se para publicar o seu próximo livro, Free (este artigo resume as ideias de Anderson).

Foi uma conversa agradável, que sairá no Público de amanhã. Deixo algumas frases (a entrevista na íntegra acabará por ser publicada também aqui):

“A ideia de pagar por informação só durou 200 anos!”

“A questão é que o livro em papel é o melhor suporte para aquele tipo de informação. O CD, por exemplo, não é o melhor suporte para música.”

“Adoro jornais, mas só os leio online.”

“É provavelmente verdade [que os jornais vão ficar sem modelo de negócio sustentável].”

“A geração que está hoje a crescer online tem este conceito [de gratuitidade] inscrito no ADN. Eles acham que os produtos digitais devem ser gratuitos. E têm razão!”

Esta entrada foi publicada em Futuro com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/tecnopolis/2008/10/22/chris-anderson-em-entrevista/" title="Endereço para Chris Anderson em entrevista" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>