Blogue português suspenso por tribunal

O blogue Póvoa Online está suspenso por ordem judicial (a sentença está aqui). É o primeiro caso do género em Portugal.

Tratava-se de um blogue satírico, com textos e fotomontagens sobre o presidente e o vice-presidente da câmara da Póvoa do Varzim.

Os autarcas interpuseram um providência cautelar, o tribunal deu-lhes razão e a Google (dona do Blogger, serviço onde o Póvoa Online estava alojado) acatou a ordem.

Eis a mensagem recebida pelos responsáveis do blogue:

Hello,

We’d like to inform you that we’ve received a court order regarding yourblog http://povoaonline.blogspot.com. In accordance with the terms of thecourt order, we’ve been forced to remove your blog. A copy of the courtorder we received is attached. Thank you for your understanding.

Sincerely,The Blogger Team

Até aqui, tudo normal: um blogue infringiu a lei e foi, por isso, suspenso. Mas os responsáveis pelo Póvoa Online já abriram um novo blogue, chamado Póvoa Offline, também a funcionar no Blogger.

Este novo blogue, aliás, terá muito mais visibilidade que o anterior, graças à cobertura mediática do caso.

Uma nota final: não deixa de ser curiosa a definição do Google que integra a sentença.

A requerida Google inc. é uma empresa norte americana, que opera um motor de busca potente, de larga velocidade e largo alcance que funciona através de um combinação complexa de hardware e software tecnologicamente avançados.

Esta entrada foi publicada em Web com os tópicos , , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/tecnopolis/2008/06/30/blogue-portugues-suspenso-por-tribunal/" title="Endereço para Blogue português suspenso por tribunal" rel="bookmark">endereço permamente.

5 comentários a Blogue português suspenso por tribunal

  1. Não conhecendo o blogue não me vou pronunciar sobre a decisão do tribunal, mas se efectivamente o blogue era um espaço de calúnia e ataques pessoais ao Presidente da Câmara não tenho porque descordar.

    A sentença pode ser inédia, mas já houve outro caso semelhante, salvo erro na Guarda, também envolvendo autarquas locais.

    Tinha dado uma vista de olhos pela notificação, mas tinha -me escapado essa última parte. Adjectivos fortes(” potente” “alcance”), um pouco descontextuailizados, acho eu…

    Responder
  2. haveria muita coisa para fechar infelizmente se toda gente se metesses a fazer processos e a se sentir escandalizada
    se pudesse fazer um processo também por causa do aumento dos combustíveis (coisa muito mais grave) …:-)

    Responder
  3. Pingback: Certamente! blogosfera: É a Glória para os Dom Quixotes De La Póvoa

  4. Pingback: Má Gestão de Reputação: O Caso PóvoaOnline « Dissonância Cognitiva

  5. Citando:
    “Até aqui, tudo normal: um blogue infringiu a lei e foi, por isso, suspenso.”

    Errado. Tudo mal. O Google Portugal a quem a ordem do Tribunal foi dada, não gere o Blogger. Quem gere é a Google Inc. Penso por isso, que além de mediátia, essa medida… “cheira a esturro” a caminhar para o ilegal? 😉

    Rui

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>