Ana Bola sem filtro: O que nos sobra servido numa bandeja de prata

O que dá a Ana Bola sem filtro uma estrutura que se aproxima da auto-ficção, tem mais a ver com um aproveitamento tácito da cumplicidade evidente com o público e como a actriz vai deixando de lado as personagens que vai fazendo na televisão para traçar a fronteira que a separa da efemeridade humorística dessas mesmas personagens. A possibilidade de fazer humor a partir de situações reais é o modo encontrado para denunciar uma sociedade transformada em programa de televisão, com risos controlados, banalidades transformadas em grandes feitos, e dramas (económicos, sociais, políticos) em narrativas que nos parecem ficcionais.






As minhas escolhas de 2014 (espectáculos apresentados em Portugal)

Há sempre vários espectáculos que não chegam aos 10 mais, do mesmo modo que há outros tantos que não entram nas nossas listas individuais. Eis as minhas escolhas nas áreas do teatro e da dança.











Dia Mundial do Teatro: duas sugestões

Hoje é Dia Mundial do Teatro, são mais que muitas as iniciativas que querem levar as pessoas às salas, com entrada livre, debates e encontros. Aqui ficam duas propostas:   1. Às 18h30 são entregues, no Jardim de Inverno do teatro São Luiz os Prémios da Crítica, atribuídos pela Associação Portuguesa de Críticos de Teatro. […]






Jim, de Paulo Ribeiro, de hoje a domingo no TNSJ

Crítica publicada a 1 de Dezembro (4 estrelas) O espectáculo apresenta-se de 1 a 3 de Fevereiro no São Luiz O palco abre-se sobre um corpo em homenagem. Paulo Ribeiro dança Indigo, de Bernardo Sassetti, pianista a quem tinha proposto construir, em conjunto, um monumento coreográfico e musical que perguntasse de que modo pode hoje ser […]






Estado de excepção, de Rui Horta, esta semana no São Luiz

  Estado de Excepção, de Rui Horta, apresenta-se, de hoje a sábado, no teatro São Luiz, em Lisboa. A crítica foi publicada a 17 de Novembro, após a estreia do espectáculo em Guimarães     Estado de excepção é um espectáculo profundamente triste. Porque, desde quarta-feira, pedras da calçada atiradas a uma porta fechada deixou de […]






História de uma rapariga em crise

Else poderia ser só uma rapariga apanhada na curva de se tornar adulta, por pressão dos acontecimentos. Mas é também uma heroína trágica, traída pelas opções dos outros, no caso, o pai, que tenta salvar de dívidas. O actor Frank Vercruyssen fala assim do drama moral que ocupa Mademoiselle Else, a novela de Arthur Schnitzler, […]






Para ler hoje no PÚBLICO sobre o Alkantara Festival: João Fiadeiro e Fernanda Eugénio, Sofia Dias e Vítor Roriz, Bouchra Ouizguen

Alexandra Prado Coelho foi a Marraquexe conhecer o trabalhod e Bouchra Ouizguen que, amanhã e depois, apresenta no São Luiz o extraordinário Madame Plaxa. Para ler no Ípsilon, hoje: Um texto da Deutsche Welle sobre o espectáculo, quando este foi apresentado na Alemanha, diz que talvez o mais impressionante seja o facto de “os quatro […]