Avignon em 4 linhas ou menos II

Imagem de Puz/zle depois do espectáculo

Sidi Larbi Cherkaoui investe na Carrière de Boulbon, aproveitando a aridez da pedreira para compensar a simplicidade dos seus movimentos. Para quem recusa a mistura, a ordem e as regras, Puz/zle é a sua antítese. De nada parece servir a Cherkaoui o envolvimento dos bailarinos, a quem ele pouco dá mais para fazer do que uma dança de efeitos, sem grande pathos ou capacidade de síntese. As pedras que coloca no cenário, simbolizando as ruínas de uma civilização no quadro esmagador da pedreira, como uma metáfora simplista do desejo de reconstrução provam, uma vez mais, que o movimento de Cherkaoui pode ser virtuoso mas, no fim, não nos deixa com nada.

 

Em Disabled Theatre, de Jérôme Bel, há uma densidade na descoberta do gesto, e de construção de um olhar não-preconceituoso que desconfiamos de tamanha generosidade vinda de alguém que nunca escondeu as dúvidas que os artíficios teatrais lhe causam. E o cinismo com que Bel e os actores do Theatrer Hora, portadores de deficiência mental, constroem a dramaturgia do espectáculo , fazendo jogar a seu favor o desconforto do espectador, é profundamente tocante. Disabled Theatre deixa, rapidamente, de ser um trabalho sobre a imperfeição do corpo para passar a ser um sobre a imperfeição do olhar e do próprio discurso.

 

Apresentado como a aposta desta edição, Guillaume Vincent não consegue que La Nuit Tombe… seja mais do que uma vinheta de histórias inconclusivas, como se quisesse copiar os modelos dramatúrgicos e especulativos de Joel Joanneau e Joel Pommerat. Num quarto de hotel, as diferentes histórias, em diferentes línguas, operam num caleidoscópio narrativo confuso, genérico e retórico, atropelando-se e asfixiando-se sem cessar.  Peça recebida com a indiferença que merece.

 

Avi­gnon em 4 lin­has ou menos I: William Ken­tridge, Simon McBur­ney, Katie Mitchell, Lina Saneh e Rabih Mhroué, Christoph Marthaler

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>