Ana Lages, Lanhelas

Para ajudar e proteger o ambiente faço o possível:
– Faço a reciclagem e influencio pessoas próximas para o fazerem;
– Utilizo lâmpadas económicas;
– A lavagem dos carros é feita nas bombas de gasolina (o preço não é assim tão alto comparativamente aos litros de água que se gasta em casa);
– No esquentador é definida uma temperatura máxima para poupar gás (tanto no inverno como no verão);
– Enquanto se lava os dentes e se toma banho fechar a torneira nos momentos em que não é necessário água;
– A EDP fornece vários programas bio-horário de modo a escolher determinados intervalos do dia em que o consumo da luz seja mais barato;
– Carregadores são retirados da ficha para não continuar a consumir;
– As televisões são desligadas no próprio televisor para que não fique em stand-by (onde continua a consumir energia);
– Existem autoclismos onde não existem meias cargas e são desperdiçados litros de água, para evitar isso basta colocar uma pedra, um garrafa com água, de modo a ocupar volume e haver menor desperdício de água na altura da descarga;
– O lixo orgânico é levado para animais (aquele que ainda pode ser consumido) ou então é levado para a compostagem;
– As cinzas da lareira são utilizadas como fertilizante na agricultura;
– As folhas são aproveitadas ao máximo quando se trata de rascunhos.

Um comentário a Ana Lages, Lanhelas

  1. Faço muitas das coisas básicas que nos ensinam na escola (poupar água, electricidade, gás, trago as compras na mão ou levo sacos de casa, ando a pé e de transportes públicos, reciclo tudo o que fôr possível…) mas também outras que muitas gente se esquece algumas das quais com muito mais impacto sobre o ambiente, por exemplo regularmente mato acácias e A. altissima ou outras plantas invasoras, espalho sementes e planto árvores, sou vegetariana quase vegana (muito raramente como ovos ou queijo), tento incentivar e ensino o maior número de pessoas que consigo a poupar tudo o que têm e a reduzir o consumo, apanho o lixo nas ruas e em jardins ou matas e pounho para reciclar, mesmo ainda sendo estudantes há mais de 15 anos que não compro folhas de papel e utilizo as que os outros consideram lixo apesar de terem o verso em branco…

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>