Ana Leal

– Separo todo o tipo de resíduos que é possível reciclar: pilhas, lâmpadas; baterias de automóvel ou telemóvel; rolhas; medicamentos e suas embalagens; papel/cartão; vidro/metal; plástico; aparelhos eléctricos/electrónicos e óleo/azeite;
– Tenho uma tarifa bi-horária e, por isso, só uso as máquinas no horário aconselhado e apenas quando estão cheias;
– Lavo a roupa a baixa temperatura e a que é possível, lavo-a em programa curto;
– Uso menos detergente do que o que é recomendado pelo fabricante;
– Faço compostagem;
– Os duches são rápidos;
– Coloquei uma garrafa de 1,5l dentro dos depósitos dos autoclismos para haver menos desperdício;
– Há muito tempo que só uso lâmpadas economizadoras;
– Aproveito os sacos de compras, que trago do supermercado quando me esqueço dos meus sacos verdes, para o lixo doméstico;
– Compro electrodomésticos da classe A;
– Nunca deito lixo para o chão, incluindo o bio-degradável;
– Não lavo passeios e varandas com mangueira, uso sempre balde e esfregona;
– Evito, ao máximo, o uso de lixívia;
– Compro produtos o mais naturais possível.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>