Fugas, versão comunidade

Luís J. Santos, editor da Fugas Online

Na Fugas Online, procuramos desenvolver continuamente um site que reúne todo o tipo de viagens pelo país e pelo mundo ou que destaca restaurantes e bares, hotéis e vinhos (e etc., etc…). Mas, transversalmente a toda a temática de viagens e outros prazeres da vida, há uma comunidade, cada vez mais maior e cada vez mais participante.

Desde a estreia, há pouco mais de um ano, um dos pilares do site é precisamente a participação e envolvimento dos leitores. Uma interligação que se revela das mais variadas formas e que, até, poderá vir a ter um ainda maior desenvolvimento.

Para já, essa interactividade é bem visível no site, nomeadamente em secções que são da autoria da comunidade Fugas, caso das Dicas dos Leitores, onde nunca faltam ideias para viajar mais e melhor nem relatos (e fotografias) na primeira pessoa. É uma secção que também estabelece uma ligação directa à revista publicada em papel, já que alguns dos textos dos nossos leitores, após selecção, viajam semanalmente do ciberespaço para a revista.

Não é raro ainda que muitas ideias e sugestões enviadas pelos nossos leitores ganhem outros desenvolvimentos, quer para artigos Fugas mais aprofundados, quer para trabalhos sobre projectos pessoais de viagens. Foi, aliás, a partir de sugestões dos nossos leitores que criámos um espaço de blogue destinado a acompanhar grandes viagens: estreámos esta secção num registo experimental e, após um período de reformulação, esperamos em breve voltar a seguir viajantes da comunidade Fugas. E sublinhe-se que são quase sempre os próprios leitores que nos escrevem e sugerem diversas formas de participação neste domínio.

Mas, se nestas secções são os nossos leitores a levarem-nos pelo mundo e até a mostrarem-nos novas perspectivas e lugares, já noutro espaço, o Pergunte-nos, abre-se o campo a quem nos segue para colocar dúvidas a jornalistas e colaboradores da Fugas (os vinhos e as viagens são as temáticas mais abordadas). Aqui, contamos também ter novidades em breve.

Além destas secções permanentes, também não têm faltado pela Fugas Online outras formas de interacção. O que já incluiu desde listas a partir de opiniões dos leitores (dos melhores sítios para comer pastéis de nata ou francesinhas) a fotogalerias, algumas criadas a partir de participações em passatempos.

A interligar toda a comunidade, além do site, estão algumas redes sociais. Casos do Twitter (mais de 4700 seguidores) e, muito particularmente, do Facebook, onde, há momentos, ultrapassámos os 77 mil seguidores. Como gostamos de estar onde os nossos viajantes estão, andamos entretanto a ponderar também o potencial da rede Pinterest (mas ainda num nível muito versão beta).

O nosso objectivo com esta multiplicação de formas de interagir com quem nos lê é apenas uma: trocar monólogos de outros tempos por diálogos vivos. Até porque, já se sabe, os viajantes são sempre grandes conversadores… E nós cá estamos para continuarmos, dia após dia, a conversa sobre este mundo que nunca pára de nos fascinar.

Luís J. Santos gere as comunidades centradas na Fugas (foto: Carla Rosado)

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>