Segredos, fugas e factos

(Crónica da edição de 14 de Agosto de 2011) O mundo dos serviços secretos é por definição opaco e o seu escrutínio pelo jornalismo propício à manipulação de informações dificilmente verificáveis. Quando a actividade das “secretas”, ou de alguns dos seus quadros, é colocada sob a suspeita de servir interesses políticos ou empresariais particulares, como […]