Revolução que ladra não morde

Canil, de Valter Hugo Mãe, encenação de Ana Luena Porto, Fábrica Social, 16 de Junho * * * 1/2 Canil é uma peça alegórica, com um narrador omnisciente e omnipresente, sobre o fracasso inglório das revoluções. As várias personagens e a «voz off» do narrador foram distribuídas por três actores, que se desdobram em figuras de […]

Sinal aberto

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ZiXdwRo6UA4] O Doente Imaginário, de Molière, encenação de Rogério de Carvalho Porto, Teatro Nacional de São João, 1 de Junho * * * * Petra, la Mujer Araña y el Puton de la Abeja Maya, a partir de Fassbinder, encenação de Sol Picó Porto, TeCA, 3 de Junho * * * 1/2 A crise deve fazer bem aos criadores […]

Os Lusíadas à volta da mesa

O actor António Fonseca disse de cor a obra integral de Camões numa maratona que durou mais de meio dia. A primeira estrofe foi ouvida ainda às escuras. Sozinho em palco, o actor António Fonseca apresentou sábado [9 de Junho], em Guimarães, os dez cantos d’Os Lusíadas. Mas sozinho nunca esteve. Alguns resistentes ouviram a […]

Sinal intermitente

Indian Tempest,  a partir de «A Tempestade», de  Shakespeare, direcção de Paddy Hayter Porto, Mosteiro de São Bento da Vitória, 28 de Maio * * As Intermitências da Morte, a partir do romance de Saramago, encenação de José Caldas Porto, TeCA, 30 de Maio * * * IMPOSSÍVEL desligar esta «Indian Tempest» do contexto em […]

Mergulhar na piscina de cabeça vazia

Penélope, de Enda Walsh, encenação de Jorge Silva Melo Porto, TeCA, 12 de Maio * * * 1/2 ESTE TEXTO – uma encomenda de um teatro alemão para a escrita de uma peça a partir da Odisseia – adopta um ponto de vista marginal sobre a parte final da epopeia contada por Homero, quando se dá o […]

Conta-nos histórias, Enda Walsh

É um dos mais celebrados dramaturgos contemporâneos de língua inglesa, com uma obra vigorosa onde as personagens contam histórias irlandesas para reconfortar as almas de qualquer país. No Porto, um ciclo está a trazê-lo até muito perto de nós. Enda Walsh está ansioso por voltar à sua rotina habitual. Deixar a filha na escola, às […]