Patrick Modiano e os jornais

Patrick Modiano é um daqueles escritores para quem os jornais são importantes. É que, por vezes, a leitura de uma notícia anódina pode ser suficiente para ligar a ignição do engenho ficcional. Dora Bruder (Porto: Edições Asa, 1998), por exemplo, nasceu da leitura de uma notícia, publicada no Paris-Soir no dia 31 de Dezembro de 1941, sobre o desaparecimento de uma rapariga de 15 anos, […]






Vasco Graça Moura 1942-2014

weigela floribunda “jornais?”, pergunta-me a hospedeira, com um sorriso profissional. faço um gesto com a mão. as notícias são sempre mais pesadas do que o ar. mas o atlântico é muito azul, os jacarandás estão em flor violácea, e a temperatura, macia como os nossos costumes, ainda se me agarra à pele. os declives íngremes […]






Manuel António Pina visto por Dinis Leal Machado

“Quem é Manuel António Pina?”, filme que, no final de Novembro passado, obteve o 2.º Prémio na Cat­e­go­ria Ani­mação no 7.º Con­curso de Vídeo Esco­lar 8 e Meio, é um excelente trabalho escolar. É um óptimo modo de aproveitar as potencialidades que a Web 2.0 oferece a quem quer, ao mesmo tempo, estudar com rigor e ser criativo. É, portanto, um exemplo que merece ser seguido, razão por que pedimos […]






O exemplo do Dinis Leal Machado

O “eduquês”, como muito avisadamente explica Maria Emília Brederode Santos no PÚBLICO de hoje, é um “chavão-espantalho”, uma “forma de bullying verbal”. E, em não raras ocasiões, fica-se também com a impressão que a palavra é usada para denunciar qualquer vestígio de alegria em ensinar e aprender, como se a satisfação tivesse de ser forçosamente incompatível com o estudo metódico […]






A morte de Doris Lessing na primeira página da imprensa diária

Tal como as pessoas, também os jornais transmitem sinais, mais ou menos óbvios, que nos ajudam a conhecê-los. Nas primeiras páginas, eles oferecem, desde logo, a possibilidade de distinguir, por exemplo, os que se dirigem a leitores que não prescindem de estar informados sobre artes plásticas, cinema, literatura e teatro ou política internacional e os que […]






A poesia, o teatro e a comunicação no Dia de Todos os Santos

É uma preocupação pouco vulgar sobre a comunicação, a que o escritor francês Jean d’Ormesson manifestou numa entrevista concedida à revista La Vie a propósito dos dias de Todos os Santos e dos Fiéis Defuntos. Questionado sobre a circunstância de não ter podido ler enquanto esteve doente por culpa de um cancro, o “escritor da felicidade […]






O crocodilo e o rato no aniversário de Agustina

A televisão é o tema de um texto, muito pouco conhecido, que Agustina Bessa-Luís leu no dia 20 de Novembro de 2003, no Salão Árabe, no Porto, no âmbito de uma iniciativa intitulada Encontros do Porto, dedicada, nesse ano, ao tema “Na idade da televisão: o impacto social, cultural e político do fenómeno televisivo”. Intitula-se […]






Alice Munro na escola

O essencial sobre a mulher que hoje recebeu o Prémio Nobel da Literatura pode ser mais ou menos isto: Alice Ann Laidlaw nasce no dia 10 de Julho de 1931 em Whingham, Ontário, no Canadá. Em 1950, publica o primeiro conto, The dimensions of a shadow. No ano seguinte, casa com James Munro e vai […]






A vida de um pequeno repórter de província em 1947

O jornal Écho des Sables, de Sables-d’Olonne, tem quatro páginas e é publicado uma vez por semana. Contém, sobretudo, notícias locais e anúncios, em particular escrituras notariais. Georges Simenon apresenta-o em As férias de Maigret, obra concluída no dia 20 de Novembro de 1947. O jornal entra na história porque foi lá que, antes de […]






POEMA DO JORNAL

O facto ainda não acabou de acontecer e já a mão nervosa do repórter o transforma em notícia. O marido está matando a mulher. A mulher ensanguentada grita. Ladrões arrombam o cofre. A polícia dissolve o meeting. A pena escreve. Vem da sala de linotipos a doce música mecânica. Carlos Drummond de Andrade (Obra poética. […]






O jornal na sala de aula: Amor de Perdição

A primeira edição de Amor de Perdição foi publicada há 150 anos. Para assinalar a efeméride, têm sido promovidas diversas iniciativas de natureza variada em diversas localidades do país. A obra de Camilo Castelo Branco tem também sido relembrada nos jornais. Hoje, nas páginas centrais do Público, encontra-se “Amor de Perdição: um bom romance canonizado […]






O jornal na sala de aula: “Um mar de palavras”

“Um mar de palavras”, de Luís Miguel Queirós, que pode ser lido no Público de hoje, é um exemplo perfeito de um texto que é possível usar com enorme proveito nas aulas de Português ou de Literatura Portuguesa, quando, por exemplo, se estudarem as cantigas de amigo, Os Lusíadas ou a poesia contemporânea. Depois de o texto […]






JORNAIS NA LITERATURA: [4 DE JULHO DE 1965]

segundo fontes geralmente bemos altos interesses nacionaisfoi recebido carinhosamen-pretende para fins matrimoniais entre os países membros da otanas suas provas de doutoramentosua excelência o presidente daa conferência do desarmamento excelentíssimo senhor directorardilosos amigos do alheionosso prezado colaboradoratrasos na entrega do correio não perca esta excelente ocasiãoda santa madre igreja faleceuresposta em carta à administraçãode casa […]






Uma série televisiva que se recomenda a alunos e professores

O Douro nos Caminhos da Literatura é uma série exibida todas as semanas na RTP-N que, vivamente, se recomenda a alunos e professores. Pretende dar a conhecer o Douro e a terra transmontana através dos olhares e sensibilidades de sete dos seus mais emblemáticos escritores. Este conjunto de programas não se esgota, todavia, na apresentação […]






Oração de domingo

BENDITOS OS DESCONHECIDOS “Heil den unbekannten”Goethe, Das GöttlicheBenditos os desconhecidos,os que não têm páginana internet, perfilque os retrate no facebook,nem um artigo que faledeles na wikipedia.Os que não têm blogue.Nem sequer correioelectrónico, tudolhes chega, se lhes chega,com um ritmo mais lento.Têm poucos amigos.Não expõem os seus instantes.Não desgastam as coisasnem a linguagem. Networkpara eles é […]






JORNAIS NA LITERATURA: “Boston Evening Transcript”

Quem lê o Boston Evening TranscriptQual madura seara balouça aos ventos. Quando, tímido, na rua, se apressa o fim da tardeE desperta, em alguns, os apetites da vidaE traz, a outros, o Boston Evening Transcript,Trepo os degraus, toco à porta, volto-meFatigado, como alguém que se vira e inclina a cabeça, num adeus a La RochefoucauldComo […]






JORNAIS NA LITERATURA: 340

Fui dar com ela no quarto a chorar, o telemóvelAtirado para um canto. Entre lágrimas, foi dizendo(E tem doze anos) que seu amigo decidira que deviamEsperar. Sua mensagem: “Só o amor verdadeiro estáPor vir”. É ténue a diferença (pensei) entre um galãE um filósofo. Mas ela, sobretudo, descobrira que osNovos instrumentos “mordem” tanto como os […]