Alguns conselhos para não se ser enganado por rumores

Ao contrário do que a imagem mostra, o monumento aos mortos da guerra de independência, em Argel, não foi iluminado com as cores da bandeira francesa,

Ao contrário do que a imagem mostra, o monumento aos mortos da guerra de independência, em Argel, não foi iluminado com as cores da bandeira francesa,

Os rumores que têm circulado, sobretudo através das redes sociais, após os atentados parisienses de 13 de Novembro, têm sido objecto de desmentidos constantes. O diário Le Monde, num texto que apresentava a informação errónea mais divulgada (“10 rumeurs et intox qui circulent après les attentats du 13 novembre”), incluiu alguns conselhos de enorme utilidade para não se ser enganado por rumores:

  • Devemos partir do princípio de que uma informação fornecida na web por um desconhecido é, por princípio, mais falsa do que verdadeira.
  • É prudente acreditar mais nos media reconhecidos, nos jornalistas identificados e conhecidos. Não se deve, todavia, considerar que isto é suficiente para que as informações sejam verdadeiras. Em situações de crise, a informação circula muito rapidamente e pode frequentemente revelar-se falsa. É preferível esperar até que vários media divulguem a mesma notícia para a considerar como confirmada.
  • Uma fotografia não é, por si mesma, uma prova, particularmente quando emana de uma fonte desconhecida. Ela pode ser antiga; pode dizer respeito a outra coisa, diferente da que é referida; ou pode ser manipulada.
  • Por regra, devemos procurar uma confirmação: se vários media credíveis divulgarem a mesma informação, ela tem muita probabilidade de se revelar verdadeira
  • Deve-se desconfiar das informações ansiogénicas (do género “não andem de metro, um amigo meu disse-me que um amigo dele lhe disse que a polícia está à espera de mais atentados”), que podem ser recebidas via SMS ou transmitidas pelos nossos próximos, que mais não são, frequentemente, do que rumores transmitidos boca a boca, sem uma fonte real.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>