Desvio de publicidade

P23 pub

Foto: Courrier International

“Risoto: 1 chávena de arroz, 300 gramas de escalope de peru, 1 curgete, 2 cenouras, 1 pimento vermelho, 1 cebola, sal, pimenta, caril”. A receita encontra-se numa das diversas inscrições culinárias pintadas por cima dos enormes cartazes publicitários das cadeias de fast-food, como o da imagem, que se encontram nas ruas de Colónia. “Trata-se de uma apologia da verdadeira cozinha, contra a alimentação produzida pelos grandes grupos agro-alimentares”, afirma a rádio Deutsche Welle, citada pelo Courrier International, num artigo intitulado “Publicité – Des tags aux petits oignons”.
Escutado a propósito deste desvio de publicidade, o sociólogo Peter Glassen encontra na acção uma mensagem positiva: “É um convite a uma mobilização em torno do que é importante nestes tempos conturbados: a comunidade, os instantes de partilha e de conversa à mesa, a boa comida”.
A influência da publicidade na alimentação dos mais novos foi, esta semana, um tema em foco por causa de uma investigação da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, que inquiriu 600 crianças, com idades compreendidas entre os 8 e os 11 anos, estudantes de escolas da Grande Lisboa.
Na quarta-feira, numa notícia do PÚBLICO intitulada “Hábitos alimentares das crianças pioram com a idade e com a exposição à publicidade”, a jornalista Andreia  Sanches escrevia que o trabalho, embora não demonstre directamente uma relação entre a obesidade e a publicidade, diz que, quanto mais velhas são as crianças inquiridas, mais horas de televisão vêem e mais navegam na Internet ao mesmo tempo que consomem cada vez menos alimentos saudáveis naturais e mais alimentos menos saudáveis, como snacks. Os resultados do estudo A influência da publicidade nas crianças sugerem que “a publicidade pode desempenhar um papel nesta relação”.
As crianças inquiridas foram capazes de referir 420 marcas diferentes, o que serviu para comprovar “uma exposição muito elevada a mensagens publicitárias”.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>