A morte de Doris Lessing na primeira página da imprensa diária

Clarín, Argentina

Clarín, Argentina

Dagens Nyheter, Suécia

Dagens Nyheter, Suécia

Folha de S. Paulo, Brasil

Folha de S. Paulo, Brasil

Frankfurter Allgemeine Zeitung, Alemanha

Frankfurter Allgemeine Zeitung, Alemanha

The Guardian, Grã-Bretanha

The Guardian, Grã-Bretanha

Haaretz, Israel

Haaretz, Israel

Libération, França

Libération, França

The New York Times, Estados Unidos da América

The New York Times, Estados Unidos da América

El País, Espanha

El País, Espanha

Politiken, Dinamarca

Politiken, Dinamarca

PÚBLICO, Portugal

PÚBLICO, Portugal

La Stampa, Itália

La Stampa, Itália

De Standaard, Bélgica

De Standaard, Bélgica

Tages-Anzeiger, Suíça

Tages-Anzeiger, Suíça

De Volkskrant, Holanda

De Volkskrant, Holanda

Tal como as pessoas, também os jornais transmitem sinais, mais ou menos óbvios, que nos ajudam a conhecê-los. Nas primeiras páginas, eles oferecem, desde logo, a possibilidade de distinguir, por exemplo, os que se dirigem a leitores que não prescindem de estar informados sobre artes plásticas, cinema, literatura e teatro ou política internacional e os que não dispensam uma potente dose diária de homicídios e de tudo o que incluir sangue em abundância.
Há ocasiões em que basta uma breve olhadela para uma primeira página para muito facilmente identificar um ou outro desses sinais. A morte da escritora Doris Lessing representou um desses momentos. Pelo menos na generalidade dos jornais de referência da Europa, da América do Norte e do Sul e do Médio Oriente, a notícia esteve ontem na primeira página. Na dos jornais de crimes, sexo e escândalos, nada se encontrava sobre a romancista britânica que recebeu o Nobel da Literatura em 2007.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>