“Basta de incitação ao ódio”

P23 Libération
Poucos dias depois de ter apresentado uma edição sem imagens fotográficas para chamar a atenção para os perigos que correm os repórteres fotográficos, particularmente os que trabalham em zonas de guerra, o diário francês Libération comprovou que o trabalho dos fotógrafos em sítios de paz também é arriscado. Hoje, pouco depois das dez da manhã, um homem, armado com uma caçadeira de canos serrados, acedeu à zona de entrada da redacção parisiense do jornal e começou a disparar, ferindo um jovem fotógrafo com gravidade.
A edição sem fotografias, publicada na quinta-feira passada, tinha como manchete a palavra “basta”. “Basta de incitação ao ódio”, pedia o jornal, que, na mesma altura, criou uma página no Facebook para amplificar o eco do apelo, cuja pertinência as piores razões vieram confirmar.

(Fotografia actualizada no dia 19)

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>