Perguntas que se devem fazer a uma sondagem

As sondagens têm servido, nestes dias que antecedem as eleições autárquicas, para fomentar algumas controvérsias com maior ou menor repercussão pública. “Vão surgir sondagens feitas sabe-se lá por quem, mas não se atormentem”, pediu um dos candidatos à presidência da Câmara Municipal do Porto, tal como hoje refere o PÚBLICO.
As polémicas sobre sondagens são frequentes, razão por que devem ser sempre analisadas com muita cautela. Uma apreciação crítica impõe que se encontrem respostas simples para as seguintes questões, formuladas por Sheldon R. Gawiser e G. Evans Witt, fundadores da Associated Press/NBC News Poll (“20 Questions A Journalist Should Ask About Poll Results”), que aqui se apresentam numa versão livre. As perguntas constituem uma espécie de lista de verificação da qualidade de uma sondagem:
Quem fez a sondagem?
Quaisquer resultados fornecidos sem que se saiba a fonte não merecem credibilidade.
Quem pagou a sondagem e porque a mandou fazer?
As sondagens custam muito dinheiro e o dinheiro não se atira para o ar. As sondagens não se fazem para o bem do universo. Por isso, importa perguntar quem está interessado em conhecer e em dar a conhecer os dados da sondagem.
• Quantas pessoas foram entrevistadas?
• Como foram escolhidas?
• Em que área (país, região, concelho…) residem os inquiridos ou a que grupo pertencem (professores, alunos, membros de um partido político…)?
• Os resultados basearam-se nas respostas de que percentagem de pessoas entrevistadas?
• Quantos inquiridos recusaram ser entrevistados?
• Quais foram exactamente as perguntas formuladas (e as opções de resposta oferecidas)?
• As perguntas foram claras e inequívocas?
• Havia alternativas de respostas?
• Por que ordem foram feitas as perguntas?
• Qual o modo como foram efectuadas as entrevistas (pelo correio, por telefone, pessoalmente)?
• Quando foram realizadas as entrevistas? Nesse período, registou-se alguma ocorrência susceptível de condicionar ou influenciar as respostas?
• Qual é a margem de erro de toda a amostra e das diferentes subamostras?
• Que resultados se basearam em apenas uma parte da globalidade da amostra?
• Que outros resultados integram a totalidade da sondagem? Terá havido quem pretendesse apresentar apenas uma parte da sondagem?
• Que outras sondagens foram realizadas sobre o mesmo tema? Que resultados obtiveram?
A validade das sondagens depende basicamente de três factores: da técnica de sondagem adoptada e da eficiência com que foi usada, da honestidade e objectividade da empresa que efectua a sondagem e do modo de apresentar os resultados.

Um comentário a Perguntas que se devem fazer a uma sondagem

  1. As sondagens não se deviam fazer apenas quando há eleições ou quando há determinados assuntos que algumas elites governamentais ou ligadas aos partidos da oposição pretendem que sejam colocadas na ordem do dia.

    Desafio os realizadores de sondagens a elaborarem uma sondagem sobre um tema que é tabu desde que eu me lembro…

    – O pedido do início das negociações diplomáticas com o estado espanhol, com vista à restituição de Olivença (incluindo Talega ou Táliga em castelhano) e ainda de Vila Real (Alandroal) (ou Villarreal em castelhano). É uma questão de interesse nacional pois estão em causa territórios que em conjunto têm 750 km², área superior por exemplo, à ilha da Madeira.

    Talvez aqui houvesse uma extraordinária surpresa, pois estou convicto que a esmagadora maioria dos portugueses pretende que esta questão seja abordada com a Espanha. É essa a sensibilidade que eu tenho, ao consultar vários blogs e sites dos jornais diários e semanários.

    Para além do mais, temos o Direito Internacional do nosso lado (Convenção de Viena de 1815, subscrita pela Espanha em 1817) e a nossa constituição prevê também essa situação no Artigo 5.º (Território), nº 1 e nº3. E se a resposta for negativa, podemos enviar este assunto para os tribunais internacionais, para duma vez por todas haver uma decisão final.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>