Leituras: A informação radiofónica

P23 Luís Bonixe

Estudar as notícias na rádio portuguesa é o empreendimento que Luís Bonixe, professor da Escola Superior de Educação de Portalegre, leva a cabo em A informação radiofónica. Rotinas e valores-notícia da reprodução da realidade na rádio portuguesa, editado por Livros Horizonte.
“Estranhamente sabemos pouco sobre as notícias na rádio portuguesa”, explica o autor na introdução. De facto, “sabemos pouco sobre o que diz a principal rádio de informação portuguesa, a TSF, e sabemos ainda menos sobre as notícias de uma das emissoras portuguesas mais ouvidas e que durante anos foi mesmo a mais escutada: a Renascença”. Luís Bonixe, também autor do blogue Rádio e Jornalismo, prossegue notando que “mais estranho é o facto de sabermos ainda menos sobre as notícias do serviço público de rádio em Portugal, quando sobre o mesmo serviço em ambiente televisivo não faltam reflexões e variadas contribuições”.
A rádio e, particularmente, a informação radiofónica são muito pouco escrutinadas. Ao contrário do que sucede em relação à televisão, à imprensa e à Internet, é muito reduzido o número de obras sobre a rádio, afirma Bonixe, que recorda que Ignacio Ramonet atribui à rádio uma “certa confiança”, justificando-o por ser pouco estudada. A informação radiofónica ajuda a suprir tal lacuna.
A obra de Luís Bonixe, que resulta de uma tese de doutoramento, inclui capítulos de enquadramento geral (sobre, entre outros aspectos, os “contextos teóricos da produção de notícias” ou “a expressividade sonora da rádio informativa”) e de observação e análise do trabalho das redacções da Antena 1, da Rádio Renascença e da TSF (sobre, por exemplo, a sua organização e as suas rotinas e sobre como reproduzem a realidade portuguesa).

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>