A favor de Edward Snowden

P23 petição
A imprensa continua a dar voz aos que elogiam e aos que reprovam Edward Snowden. A revista francesa Le Nouvel Observateur e a organização Repórteres Sem Fronteiras promoveram um abaixo-assinado apelando aos Estados europeus para defenderem o informático que revelou o dispositivo americano de vigilância mundial.
“Prevista no artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos do Homem, a liberdade de informação supõe a liberdade de imprensa e a protecção das fontes sobre todos os temas que dizem respeito às nossas liberdades”, recorda o documento. Sem isso, os cidadãos da Europa e do mundo, seriam privados das revelações necessárias sobre os controles tecnológicos, os circuitos de corrupção, as ameaças ecológicas e sanitárias. “Não basta protestar diplomaticamente quando um escândalo surge. É conveniente demonstrar concretamente que se prefere a lucidez à cegueira”.
Os signatários, entre os quais se encontram o sociólogo Alain Touraine, os eurodeputados Daniel Cohn-Bendit e Eva Joly e o presidente da Federação Internacional das Ligas de Direitos do Homem Karim Lahidji, consideram que “Edward Snowden assumiu riscos consideráveis para permitir à imprensa internacional a divulgação de informações essenciais para a salvaguarda das liberdades”. O inegável interesse público das revelações é atestado, acrescentam os peticionários, pelas declarações dos dirigentes europeus e pelas reacções dos cidadãos do continente testemunham o inegável interesse público das revelações. Recusar agora proteger a fonte dos jornalistas do The Washington Post, do The Guardian e do Der Spiegel implica ainda dissuadir todos os que tiverem a intenção de romper um dia a lei do segredo.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>