Resposta a questões suscitadas pelo texto anterior

As reacções que nos são transmitidas, suscitadas pelos textos aqui publicados, variam muito. Chegam, quase sempre, através de e-mail ou de chamadas telefónicas e destinam-se, sobretudo, a pedir algum esclarecimento suplementar. Em ocasiões mais raras, os textos motivam convites para a participação em sessões de modo a aprofundar um tema abordado no blogue. Por causa do post anterior, recebemos cinco telefonemas para colocar as questões seguintes:

Os professores de línguas não devem convidar os alunos a colaborar no jornal?
Claro que devem. O que se disse que contribui para um resultado pouco interessante é a disseminação pelas páginas do jornal de uns quantos textos em língua estrangeira. Se essa inclusão for considerada muito importante para a melhoria da aprendizagem, os textos podem ser agrupados numa só página. Ou também se pode fazer um número extra do jornal apenas com textos numa ou várias línguas estrangeiras. Também poderia ser estimulante pôr os alunos de línguas a fazerem pequenas traduções dos principais textos do jornal e publicá-las.

O jornal deve incluir textos literários escritos sobretudo por alunos? Em que sítio do devem ser colocados?
Há jornais que publicam textos literários e assim vale a pena continuar. O importante é, uma vez mais, dosear. Esses textos podem ter um espaço específico, que pode ser na vizinhança da opinião.

Não há uma contradição entre uma sugestão que o PÚBLICO na Escola tem feito em outras ocasiões: “o jornal deve surpreender os leitores” e a feita agora: “o jornal deve ter um arrumo”? O arrumo não elimina a capacidade de surpresa?
A boa surpresa deve ser encontrada, por exemplo, no tema inesperado de uma reportagem e na originalidade da sua redacção, na pessoa escolhida para uma entrevista e naquilo que ela diz, etc., etc. Encontrar textos nos sítios menos expectáveis não constitui propriamente uma boa surpresa.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>