“Partilhar informações na Internet, é expor-se a abusos”

A Federação Belga do Sector Financeiro (FEBELFIN) resolveu, há poucos meses, com a ajuda de uma agência de comunicação, lançar uma campanha intitulada “Partilhar informações na Internet, é expor-se a abusos”. Criou uma personagem, Dave, um adivinho, que, em Setembro, em Bruxelas, numa tenda montada num espaço público, oferece a quem passa uma sessão de vidência individual. Sobre cada pessoa que tem perante si, Dave recebe, através de um auricular, informações rapidamente recolhidas na Internet por um conjunto de colaboradores escondidos atrás de uma cortina. O que ele consegue “ver” é surpreendente. O espanto é geral. Como é que o vidente é capaz de “descobrir” tanto sobre cada um?
É simples. Como depois “os clientes” ficam a saber, basta ir à Internet buscar a informação. A maior parte das pessoas, recorda a FEBELFIN, passa imenso tempo na Internet, onde, particularmente nas redes sociais, deixa uma enorme quantidade de informação pessoal: fotos de férias, a composição da família, dados pessoais como a idade, o domicílio ou os hobbys. Na Internet, recorda a FEBELFIN, é muito fácil encontrar inúmeros dados sobre cada um. “Sem que tenham consciência, é, por vezes, toda a vossa vida que colocam online”. O que, evidentemente, não é desprovido de risco, já que os autores de fraudes procuram esse genéro de informações para utilizar em proveito próprio. Um número da conta bancária ou dados de identificação transmitidos por e-mail são, por exemplo, uma porta aberta a todos os abusos.
Hoje, como se pode ler no PÚBLICO online, foi a vez de, em Portugal, o Fórum Interbancário para a Segurança Online, criado no seio da Associação Portuguesa de Bancos, lançar uma campanha de sensibilização sobre os cuidados a ter nas compras através da Internet. Importa ler com atenção todos os conselhos e tomá-los em boa conta.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>