Fazer um jornal escolar é uma excelente ideia

Fazer um jornal escolar é uma excelente ideia. Uma parte muito importante do trabalho do Público na Escola consiste em ajudar nesse empreendimento. Por isso, aqui iremos apresentando algumas sugestões para que ele possa ter êxito.
Para começar, é preciso reunir várias pessoas, que, em função dos seus particulares aptidões e gostos, terão de assegurar de forma continuada as principais tarefas. Cerca de uma dezena de professores e alunos empenhados será suficiente na fase inicial. A seguir, poderão ser solicitadas outras colaborações para tarefas mais ou menos pontuais.
Convém não esquecer que um jornal precisa de jornalistas, ilustradores e fotógrafos. Também é necessário contar com a ajuda de um gráfico, um responsável pela produção (que tratará de, por exemplo, saber onde se pode fotocopiar ou imprimir o jornal pelo preço mais reduzido) e uns quantos vendedores. Ao director, cabe a tarefa de ser a locomotiva do projecto. Entre os requisitos indispensáveis de um bom director, encontra-se a persistência.
Reunida a equipa, importa decidir se, para além de incluir informações úteis para a comunidade escolar (calendário escolar, actividades e reuniões agendadas, recomendações práticas, etc.) e notícias sobre a escola, o jornal vai, preferencialmente, funcionar como um laboratório de criatividade, estimular debates sobre as grandes questões educativas ou discutir os temas que afectam a vida da comunidade local.

Um comentário a Fazer um jornal escolar é uma excelente ideia

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>