Nem todos querem votar, mas depois reclamam que o país está mal

O nosso país está a entrar na bancarrota e na crise, porque os políticos não tomaram a devida precaução no que iam gastar e que não era necessário. Quando havia dinheiro, era sempre a gastar e agora não sabem o que fazer quando as asneiras já estão feitas.
E quando chegar a altura em que eu já possa votar, nós é que vamos ser prejudicados. Os preços aumentam e vai chegar a altura em que vamos querer comprar algo, mas o dinheiro está escasso e não há descida de preços, nem a nível da alimentação, nem a nível do combustível e utensílios.
O desemprego aumenta e o governo não mostra interesse em resolver esta situação. Eu não gostava de estar desempregada, mas não somos nós que escolhemos. Deve ser complicado estar sem receber dinheiro para a alimentação da família e ainda para a higiene.
No dia 5 de Junho de 2011, vai haver eleições e todas as pessoas devem votar, pois antigamente só podiam votar homens com mais de 21 anos, que soubessem ler, escrever e contar. Hoje em dia, já podem votar mulheres e homens a partir dos 18 anos. Porém, nem todos querem votar, mas depois reclamam que o país está mal! Não votando, nunca hão-de conseguir que a pessoa que consideram mais competente seja eleita.

Inês Branco, 12 anos
Escola Básica e Secundária Domingos Capela, Espinho

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>