O Outono no River Lounge do Myriad

Agora sim, parece que chegou o Outono. E, se ainda há pouco tempo, andei em pescarias em Setúbal, agora já apetece outros pratos mais outonais. Um dos restaurantes lisboetas que este ano mais cedo começou a apresentar um menu de Outono foi, a 21 de Setembro, o River Lounge, do hotel Myriad, no Parque das Nações.

Atum marinado (Entrada)

Na foto: Atum marinado com abacate e manga

À frente da cozinha do River Lounge está o chefe francês Frederic Breitenbucher e a marca da escola e da técnica francesas é clara em todo o seu trabalho, apesar da utilização de vários produtos portugueses. Um recente jantar de apresentação da nova carta começou com um prato ainda bastante fresco e com cores e vivacidade de Verão, com toques  de acidez a contrabalançar a gordura de alguns elementos: atum marinado, abacate e manga com vinagrete de lima e gengibre e gel de maçã verde. Grande variedade de elementos, mas num óptimo equilíbrio.

Perdiz (Prato Carne)

O segundo prato já era totalmente outonal: pregado salteado, cepes, consomé trufado, batatas vitelotte e espargos verdes, com um jus de aves acidulado. Caminho aberto para o prato seguinte, de carne, que reunia muitos dos sabores que habitualmente associamos ao Outono: perdiz recheada com foie gras assado, crumble de abóbora e castanha, marmelo e maçã confitada, kumquat e cardamomo. A sobremesa apresentada é uma das criações do chefe pasteleiro Anderson Miotto: flã de maracujá com bouquet cítrico, acompanhado por um sorbet de manga.

Este é o menu de degustação do River Lounge – o restaurante fica no andar térreo do hotel, e da sua janela vê-se o Tejo – que, acompanhado por uma selecção de vinhos (Contos da Terra, Douro; Divai Reserva, Alentejo; Pôpa, Douro; e Moscatel Secret Spot, Douro), tem o preço de 75 euros por pessoa.

Mas também é possível conhecer a cozinha de Frederic Breitenbucher escolhendo pratos do menu que inclui, entre outras coisas, um também muito outonal creme de castanhas e faisão (14 euros), lavagante assado com tarte de frutos de Outono (39 euros), raia e tamboril com espargos verdes, alcachofra, marinheira com manjericão e risoto de bivalves (25 euros) ou empada de bochecha de vitela com cogumelos selvagens (23 euros).

Tarde de Maça (Sobremesa)

A sobremesa que aparece na foto acima não é o flã de maracujá mas sim a tarte de maçã com sorbet de maçã Granny Smith e açafrão, outra das propostas de Miotto.

Nem sempre nos ocorre ir jantar a um hotel mas a cadeia SANA, à qual pertence o Myriad, tem apostado precisamente na qualidade da oferta nos seus restaurantes, e o trabalho desenvolvido por Breitenbucher merece certamente uma visita.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>