No Rio’s, um cozido à portuguesa a olhar para o mar

Não é o tipo de sítio onde esperaríamos encontrar um cozido à portuguesa.

photo(7)

Estamos no Complexo Turístico da Piscina Oceânica de Oeiras, no restaurante Rio’s, vemos o mar à nossa frente e percebemos na sala os sinais de que à noite esta se transforma numa discoteca. Mas a verdade é que aqui, aos domingos durante o Inverno, serve-se um bom cozido à portuguesa, em potes de ferro, por 18 euros por pessoa. Couves, enchidos variados, carnes variadas, e um excelente arroz.

Têm-me perguntado várias vezes onde é que há cozidos, e há várias opções em diferentes dias da semana. Mas só agora conheci o cozido do Rio’s, restaurante que tem como chef António Bóia, capitão da Equipa Olímpica Júnior de Culinária. Curiosamente, dias depois de ter conhecido este espaço, vi que no livro Where Chefs Eat, cuja segunda edição acaba de sair, o Rio’s é uma das recomendações do Chefe Cordeiro.

photo(6)

E, outra coincidência, a seguir li no blogue Mesa Marcada, boas referências ao trabalho ali feito com o skrei, que, quando lá estive, era um menu alternativo ao cozido preciamente por estarmos na época do skrei. No Verão não há cozido, mas pode ser altura de descobrir o resto da carta do Rio’s, que está meio escondido (quem chega ao Complexo deve seguir para cima e não para baixo, onde fica a maior parte dos restaurantes e bares) e por isso pode passar despercebido.

Um comentário a No Rio’s, um cozido à portuguesa a olhar para o mar

  1. Bonito comentário a descrever o que a nossa gastronomia portuguesa é, pois este blog com muito interesse para o publico, que todos deviam ver, e eu próprio tinha “mais olhos que barriga”, ao olhar para o cozido á Portuguesa, e que até me esquecia que era sexta feira santa, e que era católico.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>