Os insectos (outra vez), agora com bolachas

Sexta-feira foi a Noite Europeia dos Investigadores e no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, falava-se (e provava-se) sobre o que poderá ser a comida do futuro.

photo

Podia-se provar um arroz com algas, uma coisa pacífica para a grande maioria dos visitantes. Mas, mesmo ao lado, a proposta era mais polémica: num pratinho, como se fosse um canapé igual a qualquer outro, estavam bolachas de água e sal com tenébrios. Estamos a falar do animal conhecido como bicho-da-farinha, e que é nada menos do que a larva do besouro. Claro que a mesa com os canapés (havia também outro insecto com chocolate, e bolos que integravam os tais tenébrios) estava a despertar grande curiosidade. Os visitantes oscilavam entre o horror e o fascínio.

Claro que havia também quem jurasse tornar-se vegetariano se isto continuasse assim, o que me pareceu ser a reacção mais previsível. Mas o que me surpreendeu foi ver que um número considerável de pessoas estava a experimentar, e algumas comentavam mesmo que não era a primeira vez que comiam insectos (a minha observação não foi científica, estive apenas um curto período junto da mesa – pode ter coincidido com a presença de todos os potenciais comedores de insectos, mas duvido). O que concluí, por isso, foi que existe já uma relativa abertura à ideia de que no futuro os insectos farão parte da nossa alimentação por constituírem uma fonte de proteínas que é uma boa alternativa ao nosso (excessivo, já se sabe) consumo de carne actual.

Têm sido feitas muitas experiências do género e a conclusão mais evidente é a de que quanto menos se perceber a forma do insecto mais facilmente as pessoas o comem. Mais uma razão para ser surpreendente que os bem desenhados tenébrios lançados sobre a bolacha tenham conquistado adeptos – é que, olhando para eles, não restavam dúvidas sobre o que eram.

2 comentários a Os insectos (outra vez), agora com bolachas

  1. Pingback: Esquitices – Saia da Inércia

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>