Os farmacêuticos também almoçam

Aqui até o papel de parade é temático

Almoço no Pharmacia, o restaurante que abriu este ano no edifício da Associação Nacional de Farmácias, junto à Bica. Comi bem, mas gostava era de falar da decoração, perfeita para um espaço que funciona junto ao Museu da Farmácia. Foi com peças da colecção do museu mas que não tinham o valor que justificasse estarem em exposição que as duas proprietárias, Susana Felicidade e Tânia Martins (as donas da Taberna Ideal e da Petiscaria Ideal, na Rua da Esperança), decoraram a sala de refeições e uma pequena sala adjacente – onde há até uma marquesa de exames médicos e uma antiga cadeira de dentista.
Nos louceiros estão expostas embalagens de medicamentos em tamanho gigante. Há balanças antigas e todo o tipo de material médico. Sou neta de um farmacêutico e gosto destas coisas desde o tempo em que era pequena e ia ver o meu avô preparar medicamentos num pequeno laboratório nas traseiras de uma farmácia do Campo Grande – frascos escuros cheios de misteriosos pós brancos com etiquetas ainda escritas à mão, balanças com pesos de vários tamanhos, e em especial um minúsculo que me fascinava, almofarizes onde se misturavam os pós, espátulas que tinham que ser usadas com gestos de grande precisão.

E não, nada disto nos tira o apetite…

Sal­mão e crème frai­che sobre rode­las de batata doce

A ideia é boa e faz todo o sentido aproveitar esta relação com o museu que, já agora, vale mesmo a pena visitar. A história da Farmácia é muito mais rica do que imaginamos. E dizem-me que entre as aquisições recentes estão dois cintos de castidade – um para mulheres e o outro para os homens do século XIX.
E depois, pode-se sempre almoçar, ou pelo menos aproveitar o facto de o Verão não querer acabar e tomar um copo na esplanada/jardim.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>