Andar, um negócio sustentável

Desde que começou a competição, minha mulher tem andado estranha. Às vezes dança sem música. Noutras, dá uns saltinhos no mesmo lugar, sem razão aparente. E por qualquer coisinha vai dar um passeio. Qualquer marido atento não menosprezaria tais sintomas. Mulher casada que dança sozinha, dá pulinhos e está sempre saindo, é porque anda a […]