O cão que comeu a Internet

Do maravilhoso mundo digital já se falou tudo, menos do seu potencial nutritivo. Nunca imaginaria tal associação, até que um jornalista chegou à redação e comentou, atormentado: “Não posso mais, ela comeu a Internet”. “Ela?”, perguntei, imaginando apavorantes problemas conjugais. Mas não era disto que se tratava. Era a cadela. “Ela come tudo, agora foi […]